Del Toro explica saída de O Hobbit e fala sobre novos projetos

28/07/2010 19h35



































Durante a Comic-Con 2010, feira de cultura pop realizada de 22 a 25 de julho deste ano, foram anunciadas muitas novidades sobre o mundo do cinema. E grande parte delas devem-se ao cineasta mexicano Guillermo del Toro (O Labirinto do Fauno), que falou sobre seus projetos futuros - e até antigos.

O Hobbit


Apesar de ter deixado a direção de O Hobbit em maio deste ano, Del Toro ainda tem coisas a dizer sobre o filme. E provou isso durante o evento, ao repetir diversas vezes que não se arrepende da decisão. Ele também fez questão de frisar que o caos financeiro da MGM, estúdio que detém os direitos da produção, não deve ser visto como o principal motivo de sua saída e que isso seria "simplificar demais a questão"

"As pessoas cismam em culpar a MGM, quando na verdade a decisão veio de muitos fatores juntos. De forma alguma foi somente a MGM. Filmes como O Hobbit são muito complicados, tanto economicamente quanto politicamente. Você tem de obter a benção de três estúdios", disse del Toro para o 24 Frames.

Questionado se as possíveis diferenças criativas com Peter Jackson, o corroteirista do longa-metragem, foram a gota d'água, ele diz que não. "Nós estávamos na fase em que a colaboração era boa. Se tivesse que acontecer algum problema, nós nunca chegamos a esse estágio", disse ele.

Quanto a quem é o favorito do diretor para assumir o seu lugar na produção do prequel de O Senhor dos Anéis, nenhuma surpresa: "Eu adoraria que Peter (Jackson) dirigisse".

Disney Double Dare You

Na entrevista para o site Deadline, o cineasta fez parecer que todos os seus problemas com O Hobbit foram os culpados pela "morte" do seu contrato com a Disney. Chamado de Double Dare You, o novo selo do estúdio, criado em parceria com del Toro, contemplava a produção de filmes de animados ligeiramente sombrios.

"Alguns destes grandes negócios que eu tinha feito, com a Disney e a Universal, tive de me virar rapidamente para poder começar a filmar as duas partes de O Hobbit e conseguir um período para que as ofertas dos estúdios ainda fossem válidas. Esse negócio Disney Double Dare You está liquidado. Estou desenvolvendo um relacionamento com a DreamWorks que ainda está para ser definido, mas não é como seria na Disney, que foi uma bela oportunidade, mas com o tempo, os atrasos e outras coisas, eu não pude começar", informou del Toro.


The Haunted Mansion

Conforme havia prometido, Guillermo del Toro anunciou que teria grandes novidades para a convenção. Uma delas foi a revelação de que irá escrever, dirigir e produzir The Haunted Mansion, longa baseado em uma das atrações mais famosas dos parques da Disney, A Casa Mal Assombrada. Em entrevista para a MTV, ele contou mais detalhes sobre a produção:

"O filme que eu vejo na minha cabeça de The Haunted Mansion é diferente do que todos estão imaginando. Não é apenas um mundo normal com uma mansão assombrada no meio. Estou realmente pensando em um filme com realidade aumentada, super-projetado e incrivelmente inovador, tanto na narrativa quanto no visual.Quando as pessoas pensam em The Haunted Mansion, elas pensam que sabem do que se trata. Mas eu realmente quero colocar muitas coisas que ninguém nunca viu. Vamos usar a mitologia do parque [da Disney] e podemos dizer que há muitas mansões ao redor do mundo e elas estão ligadas, como em uma teia. A aranha sentada no centro da teia é o que os fãs de The Haunted Mansion chamam de Hatbox Ghost, um personagem que foi criado para o parque, mas descartado no dia de estreia da atração, por ser considerado muito assustador. Porém ele [o Heatbox Ghost] é um grande personagem e motivo de adoração para os fãs da Mansion e eu, obviamente, sou um deles", conclui del Toro.


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus