Dias Sem Fim: Conheça filme da Netflix que reflete sobre marginalização

Longa é escrito e dirigido por Joe Robert Cole, co-roteirista de Pantera Negra

08/06/2020 15h30

Por Thamires Viana

Dias Sem Fim, drama estrelado por Ashton Sanders e Jefrrey Wright, chegou à Netflix de fininho mas já vem gerando algumas discussões ao redor de sua trama densa e emocionante. No filme, Jahkor (Sanders) é um jovem condenado à prisão perpétua que passa a refletir sobre o sistema que o levou a cometer um duplo assassinato.

Escrito e dirigido Joe Robert Cole, co-roteirista de Pantera Negra, o longa cria camadas interessantes para contar a dramática história que debate não só a violência, mas também a marginalização de um jovem afro-americano.

Conheça mais sobre Dias Sem Fim:

Trama

Dias Sem Fim tem início com Jahkor pronto para cometer um duplo assassinato pelo qual ainda não há motivos aparentes. Enquanto se desloca para o local, ele cria rimas, já que almeja em ser um rapper famoso. Após o crime, o jovem é preso e condenado à prisão perpétua, mas demonstra não ter nenhum arrependimento pelo ato premeditado. Ele é preso na mesma unidade que seu pai, JD (Wright) e é lá que os conflitos internos do jovem passam a ser questionados pelo próprio.

Abordagem

Em uma intensa jornada de autoconhecimento, Jahkor vai relembrando as várias etapas de sua vida, indo desde os abusos físicos constantes cometidos pelo pai, a amizade com TQ (Isaiah John) e Lamark (Christopher Meyer) e todas circunstâncias que o levaram à vida de marginalidade.

Além disso, estar na prisão ao lado do pai, com quem tem uma relação extremamente perturbada, faz com que Jahkor explore os eventos que os unem, na esperança de ajudar seu filho recém-nascido a quebrar esse ciclo familiar de envolvimentos com crimes.

Direção

Com muito uso do flashback, Cole escolhe criar camadas dramáticas para contar a história de Jahkor e adere a forma não-linear de narrar os fatos. Enquanto se espera que o longa traga capítulos segmentados de infância, adolescência e vida adulta, o diretor opita por não segmentar sua linha temporal, trazendo à tela os momentos mais impactantes vividos pelo jovem no subúrbio de Oakland.

A montagem do filme nos remete a Moonlight - Sob A Luz Do Luar, longa de 2016 também estrelado por Sanders, que aborda a vida do personagem por meio de três capítulos fundamentais para o desfecho da trama. 

Elenco e onde ver

Além de Sanders e Wright, o longa também traz atores como Regina Taylor, Yahya Abdul Mateen II, Isaia John e Kelly Jenrett. Dias Sem Fim já está disponível no catálogo da Netflix.

Confira o trailer:

Veja também: 

Confira filmes que trouxeram representatividade negra aos cinemas

Confira os seis melhores filmes originais da Netflix

Spike Lee e Indiana Jones são destaques da Netflix em junho


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus