cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Diretor de Santuário fala sobre influência de James Cameron

    O diretor comenta que não teve problemas indo de um filme de baixo orçamento direto para um com tecnologia de ponta
    Por Da Redação
    20/01/2011

    O diretor Alister Grierson, responsável pelo filme Santuário, falou em entrevista ao Coming Soon sobre a experiência de rodar um longa em 3D e o início de sua parceria com James Cameron (Avatar), além da influência que o cineasta, que produziu o filme, teve sobre a obra.

    Grierson disse que conheceu James Cameron por causa de Kokoda, um filme de guerra australiano de baixo orçamento sobre Papua Nova Guiné na 2º Guerra Mundial. "Andrew Wight [roteirista de Santuário] viu Kokoda e gostou de vários elementos nele e pensou que havia uma conexão com Santuário", disse o diretor. O roteirista se empolgou e mostrou o filme para James Cameron, que concordou com a relação entre os projetos e convidou Grierson para conversar, enquanto filmava Avatar. Eles passaram uma semana juntos e o cineasta pôde ter seu primeiro contato com o uso da tecnologia 3D.

    Sobre a influência do estilo de James Cameron sobre Santuário, Grierson não esconde o jogo. "Ao me preparar para o filme, assisti a todos os filmes de James. Para ser honesto, eu consigo enxergar a conexão com ele lá, mas acho que quando você vê o filme todo, ele se torna uma voz única e muito forte. Mas, claro, quando você está lidando com filmagens na água e com alta tecnologia, consequentemente está trabalhando com elementos clássicos da obra de James." Grierson disse que não se sentiu mal por ir de um filme de baixo orçamento direto para um que usava tecnologia de ponta, mas admite que se sentiu "um pouco confinado" ao treinar as filmagens debaixo da água.

    Santuário é baseado em uma história real, vivida pelo roteirista do filme, Andrew Wight. "Nós estávamos em uma caverna submersa similar à de Santuário", recorda Andrew. "No último dia da expedição, estávamos transportando todo equipamento, quase todos estavam envolvidos nesta atividade (...) e uma tempestade muito forte atingiu a área. O que começou como um leve turbilhão logo atingiu uma força enorme que obstruiu a entrada da caverna." O acontecimento deixou 15 dos mergulhadores presos. Wight sobreviveu e, após trabalhar com Cameron em Aliens of the Deep, documentário em 3D também filmado na água, decidiu escrever um roteiro usando aquele cenário para contar sua traumática história.

    O filme usa as mesmas câmeras de Avatar, mas com um efeito diferente e um uso mais consistente da tecnologia. Surpreendentemente, James Cameron é quem aponta isso: "Avatar tinha tantas cenas panorâmicas que a diferença entre vê-lo em 2D e 3D não era tão grande. Quanto mais você expande a imagem, menos você se sente próximo dos objetos e personagens." Segundo ele, essa proximidade é justamente o que existe em abundância no novo filme.

    Santuário estreia no Brasil em 4 de fevereiro.