cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Diretor de X-Men é acusado de abusar sexualmente de menino de 17 anos

    Advogado de Bryan Singer, porém, afirma que as acusações são "absurdas e difamatórias"
    Por Gustavo Assumpção
    17/04/2014

    O diretor norte-americano Bryan Singer, de X-men: Dias De Um Futuro Esquecido, está sendo acusado judicialmente de molestar um adolescente de 17 anos em 1999, informou o The Hollywood Reporter.

    Segundo a ação judicial, movida nesta quarta-feira no Havaí, o diretor estuprou o menino, usou sua força e obrigou que ele inalasse cocaína. O advogado de Singer, porém, afirma que as acusações são "absurdas e difamatórias".

    O processo foi movido pelo ator Michael F. Egan III, hoje com 31 anos. Ele alega ser heterossexual, mas que foi obrigado por Singer a ter um comportamento que ele não queria. Os advogados ainda afirmam que Egan não foi o único garoto menor de idade a ser abusado.

    O processo exige uma quantia não especificada de indenização.

    "Hollywood tem um problema com a exploração sexual de crianças", disse o advogado de Egan, Jeff Herman, que lida com casos de abuso sexual em todo o país. "Este é o primeiro de muitos casos que dará a oportunidade para que essas vítimas exponham o problema."