cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Documentário brasileiro representa o Brasil em festival francês

    Por Da Redação
    26/06/2010

    O documentário Chantal Akerman, de cá foi a única produção escolhida para representar o Brasil no 21º Festival Internacional de Documentário de Marseille, na França, um dos principais festivais de documentários do mundo. O evento, que será realizado entre os dias 7 e 12 de julho, contará com produções da Áustria, Estados Unidos, Argentina, Alemanha, Romênia e Espanha.

    Com direção de Gustavo Beck e Leonardo Luiz Ferreira, Chantal Akerman, de cá reflete o cinema, vida e obra da realizadora belga Chantal Akerman, por meio de entrevistas feitas com a própria homenageada. O longa teve sua estreia mundial em abril, no Bafici – Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independente, a principal janela de cinema independente da América Latina.

    Chantal Akerman nasceu em Bruxelas, na Bélgica, no dia 6 de junho de 1950. A vontade de se expressar artisticamente surgiu após uma sessão de O Demônio das Onze Horas, de Jean-Luc Godard. Movida pelo desejo de filmar, Chantal descobre o trabalho experimental de nomes como Andy Warhol e Michael Snow. Aos poucos, ela molda seu cinema de inspirações avant-garde, mas com preocupações narrativas. Com apenas 25 anos, Akerman realiza sua obra-prima, Jeanne Dielman, 23 Quai du Commerce, 1080 Bruxelles. Ao passar dos anos, constrói uma carreira sólida em que intercala documentário (News From Home, 1977) e ficção (La Captive, 2000).