Dois Papas: "É um filme sobre perdão", diz Fernando Meirelles

Confira a nossa entrevista exclusiva com o diretor

06/01/2020 11h02 (Atualizado em 21/09/2020 12h17)

Por Thamires Viana

Destaque no catálogo da Netflix, Dois Papas conta um pouco mais sobre os bastidores da renúncia do Papa Bento XVI, interpretado por Anthony Hopkins, além de abordar a amizade criada por ele com o Papa Francisco (Jonathan Pryce). 

Com a chegada do documentário Papa Francisco: Um Homem de Palavra na Netflix, relembre nossa entrevista com o diretor brasileiro Fernando Meirelles, que nos contou como foi o processo de filmagem de Dois Papas e como estava a sua expectativa para a recepção do público.

Confira o papo:

Inspirado em fatos, a trama acompanha uma das mais dramáticas transições de poder nos últimos 2000 anos. Frustrado com a direção da Igreja, o cardeal Bergoglio (Jonathan Pryce) pede permissão ao papa Bento XVI (Anthony Hopkins) para se aposentar em 2012. Em vez disso, enfrentando escândalos e sua própria insegurança, o introspectivo papa chama seu maior crítico e futuro sucessor a Roma para revelar um segredo que abalaria os alicerces da Igreja Católica.

O que se vê dentro dos muros do Vaticano, então, é a disputa entre a tradição e o progresso, a culpa e o perdão, e dois homens muito diferentes confrontando seus passados em busca de terreno comum para forjar o futuro de um bilhão de seguidores em todo o mundo.

Dois Papas está no catálogo da Netflix.

Veja também:

As estreias dos catálogos de streaming essa semana

Confira os seis melhores filmes originais da Netflix


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus