cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Entenda a polêmica dos dubladores de 'Red'

    Filme gerou debates sobre representatividade
    Por Redação
    18/03/2022 - Atualizado há 2 meses

    Mais uma história emocionante da Disney e Pixar chegou no Disney+, mas dessa vez a novidade veio acompanhada de uma grande polêmica!

    Estamos falando de Red - Crescer é uma Fera, que gerou uma discussão sobre representatividade.

    Uma das maiores preocupações do filme nos EUA foi a de procurar atores das mesmas etnias dos personagens para as dublagens do material original. Algo completamente ignorado no Brasil.

    Red

    Red: Crescer conta a história de Mei Lee, uma garota de 13 anos dividida entre continuar sendo uma filha obediente e se entregar ao caos da adolescência. Como se as mudanças em seus interesses, relações e em seu corpo não bastassem, sempre que passa por fortes emoções, ela se transforma em um panda vermelho gigante.

    A animação se passa entre os anos 90 e 2000 e traz elementos nostálgicos para quem viveu esse período, como o amor de adolescentes por boybands do pop.  O longa faz um bom trabalho em unir questões culturais que envolvem a vida da protagonista com muito cuidado.

    Dubladores

    Esse cuidado aparece no elenco de voz original, Sandra Oh empresta sua voz à mãe protetora e um pouco autoritária, Ming e conta ainda com Ava Morse, Hyein Park, Maitreyi Ramakrishnan, Orion Lee, Wai Ching Ho, entre outros. 

    No Brasil, os atores globais Ary Fontoura, Flavia Alessandra e Rodrigo Lombardi emprestam suas vozes aos personagens Sr. Gao, Ming (a mãe de Mei) e Jin. Ou seja, nenhum asiático entrou nesse time.

    Até a atriz Bruna Aiiso entrou na polêmica e divulgou um post com os atores asiáticos que poderiam ser recrutrados para o trabalho:

    Ela postou: "O meu coração (e o de muita gente) se encheu de alegria quando eu soube da nova animação da Disney, “Red, Crescer é uma fera”. Pela primeira vez, a protagonista de uma animação da Disney/Pixar é uma menina asiática (chinesa-canadense para ser mais específica), e é a primeira vez que uma mulher ocupa o cargo de Direção (@domeeshi)!

    Se no original, a diversidade e representatividade são levadas a sério, o mesmo infelizmente não acontece na versão brasileira.

    Por que nenhum artista asiático brasileiro foi escalado?

    Sim, existimos! E somos muitos!"
     

    E ela tem toda razão de estar indignada!

    Caso comum

    Filmes como Pantera Negra e mais recentemente Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis também receberam dublagem de atores e dubladores brancos no Brasil. 

    É algo que acontece há muito tempo, infelizmente, mas a mudança já ocorre. Recentemente, em busca de levar mais representatividade, diversas séries televisivas como Os Simpsons, Uma Família da Pesada e Big Mouth tiveram alterações nos elencos.

    Resta a questão da representatividade ser levada mais a sério também no Brasil.

    Veja mais