Entenda como será a volta do espectador aos cinemas

O Cineclick conversou com a gerente de marketing do Kinoplex e líder no grupo de segurança e bem-estar do #Juntospelocinema, Patrícia Cotta

03/09/2020 13h00 (Atualizado em 10/09/2020 15h36)

O movimento #JuntosPeloCinema trabalha com mais de 200 profissionais voluntários para garantir uma volta ao cinema segura e cuidadosa. Mesmo com as datas de reabertura ainda indefinidas, no aguardo da autorização dos órgãos responsáveis na maioria das cidades, já se sabe quais são os cuidados básicos que todos os estabelecimentos deverão tomar. Entre eles estão o uso de máscara durante todo o tempo, inclusive na sala de exibição; capacidade reduzida das salas e distanciamento entre os espectadores; limpeza constante e álcool em gel disponível nas áreas de circulação; e recomendação de compra de ingresso por canais online ou nas máquinas de autoatendimento.

Estes e outros cuidados podem ser vistos no vídeo de segurança da campanha #JuntosPeloCinema.

O Cineclick conversou com a gerente nacional de marketing do Kinoplex e líder no grupo de segurança e bem-estar do movimento, Patrícia Cotta e também com André Sturm, diretor do Petra Belas Artes.

Na entrevista em vídeo com Patrícia, a executiva conta que um time de quase 30 pessoas fez um mapeamento de todos os pontos de contato dos clientes no cinema e cruzou com os protocolos de segurança já definidos no mundo. O trabalho, salienta, é muito importante principalmente para os pequenos exibidores. "Produzimos vídeos focados na segurança e com informações essenciais para o público, como a renovação contínua do ar condicionado das salas. Muitos exibidores pequenos talvez não tivessem condição financeira de produzir materiais, pois o custo costuma ser elevado. Nossos vídeos foram entregues prontos para eles transmitirem a informação correta", finaliza.

Assista a entrevista com Patrícia:

Sturm aproveita o assunto para lembrar que "O Governo do Estado estabeleceu um protocolo muito rigoroso para os cinemas reabrirem, feito por 19 infectologistas e apresenta uma série de exigências que as redes estão totalmente preparadas para cumprir".

Ar condicionado

Muito se comenta sobre a segurança do ar-condicionado do cinema e Sturm falou um pouco sobre o assunto. "Ele não é perigoso. O sistema de todos os cinemas de São Paulo, muito antes da pandemia, já fazia troca de ar com o exterior, portanto eles são muito mais seguros do que a maior parte das lojas que as pessoas frequentam. Bancos, por exemplo, quando as pessoas digitam no caixa eletrônico, alguém limpa a máquina para elas? Elas ficam lá 30 minutos, uma hora, porque tem bastante fila e o ar não é trocado externamente, é só aquele split de parede. Já nos cinemas, os aparelhos e o sistema de ar condicionado têm constante e imediata troca de ar", explica o diretor do Belas Artes.

Higiene

Nesse momento é importante manter a higiene e o cuidado, por isso, todos os funcionários estão usando máscara, incluindo a de plástico. "Garantiremos marcações de distanciamento no chão, as salas terão um intervalo maior entre uma sessão e outra para que a equipe de limpeza faça um trabalho ainda mais intenso, com álcool nas poltronas e em outros espaços, teremos dispenser de álcool em gel em todos os pontos do cinema. Haverá também uma regra de apenas 40% das poltronas ocupadas e os lugares ao lado das pessoas estarão vagos, mas, claro, pessoas que vierem juntas, poderão sentar juntas. O público não poderá comer ou beber em pé, somente sentado em seu lugar, o que também garante segurança para o restante das pessoas", explica Sturm.

Cinemas são seguros

Sturm garante que a volta será tranquila para os espectadores. "Acho que é importante reforçar que os cinemas são seguros! As pessoas vão entrar, sentar na poltrona, ficarão ali pelo período de aproximadamente 2 horas sem contato com outras pessoas, o sistema de ar realizando a troca constantemente. Ela sairá da sala para ir embora e não levará nada com ela, então é um dos lugares mais seguros, com certeza, se for comparar com diversas outras atividades que já estão abertas. O Governo do Estado, que tem um órgão responsável por avaliar essas questões, já autorizou a reabertura dos cinemas no dia 27 de julho. Eu insisto nisso porque as pessoas acham que os cinemas são perigosos, mas não são. Os estudos feitos pelos especialistas do governo autorizam a reabertura como área sem riscos, inclusive, eles poderiam ter sido reabertos antes de academias, que já abriram. Então insisto para deixar claro para o público que os cinemas são totalmente seguros", finaliza Sturm.

Conheça O Festival de Volta para o Cinema:

Fantástica Lista de Clássicos Pop

Lista do Espanto

A Vingança dos Geeks

Dias de Identidade

Sob o Domínio do Drama

A Sociedade das Sagas

Tropa de Risos


Veja também:

Saiba tudo sobre o festival De Volta Para o Cinema

Campanha #JuntosPeloCinema une setor audiovisual e lança ação inédita no Brasil


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus