cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Entenda porque as Joias do Infinito viraram bijuteria em Loki

    Série mostrou os artefatos mais importantes do MCU como simples pesos de papel
    Por Daniel Reininger
    17/06/2021 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Foram 10 anos da Marvel Studios focada nas Joias do Infinito. Com elas, Thanos eliminou metade da vida do universo, tamanho seu poder. Por elas, perdemos Vingadores que tanto amamos, como Viúva Negra, Homem de Ferro e Gamora. 

    Só que a série Loki as transformou em peso de Papel e a internet não soube lidar com isso.

    A verdade é que as Joias não são mais um problema e, por isso, a série apresentou outro problema: o Multiverso e a linha do tempo sagrada. Novas tretas para os heróis resolverem.

    As Joias são tão pouco importantes diante dessa nova ameaça, que diversas delas estão jogadas numa gaveta da Agência TVA (Time Variance Authority), a Autoridade de Variância do Tempo, vindas de diversas linhas do tempo alternativas.

    É até compreesnível que depois de tanto tempo com esse foco, os novos fãs da Marvel não saibam lidar com essa mudança.

    Mas porque as pedras perderam importância? Explicamos abaixo, logo depois de mostrar algumas das melhores reações da internet:

    Joias do Infinito

    Vale lembrar que as Joias do infinito são artefatos imensamente poderosos. Cada uma representa um aspecto do universo. São elas:

    • Espaço (azul)= no interior do cubo Tesseract em Asgard
    • Mente (amarela)= Cetro de Loki e depois na testa do Visão
    • Alma (laranja)= fica no Planeta Vormir sob a proteção do Caveira Vermelha
    • Realidade (vermelha)= dentro do fluido Aether, sob a proteção do Colecionador em Luganenhum
    • Tempo (verde)= Olho de Agamotto (com Doutor Estranho)
    • Poder (roxa)= Dentro do Orb sob a proteção da Tropa Nova em Xandar

    Encontrar as Joias do Infinito se tornou o motivo da existência do vilão Thanos. Com as seis na Manopla do Infinito, o Titã louco foi capaz de realizar seu plano de eliminar metade da vida do universo.

    Não só dedidou sua vida a isso, como vilões e heróis de toda a galáxia cobiçavam as pedras. E muitos dos ídolos do MCU morreram por elas.

    Só que é importante lembrar que, até agora, o universo Marvel do cinema só lidava com um único universo, enquanto essas pedras existem em diversos mundos paralelos. 

    Agora que começamos a explorar o Multiverso da Casa das Ideias, fica claro que todos possuem coisas em comum, inclusive a busca e uso das Joias.

    Continua após o anúncio

    Perda de importância?

    É preciso entender que histórias como essas são organizadas em arcos. Então, o que é importante numa trama, pode se tornar menos importante na próxima. Tudo isso acontece para a evolução da história, dos personagens e para colocar o desafio atual como a questão mais importante a ser resolvida.

    Por 10 anos os filmes da Marvel colocaram as Joias do Infinito no centro das atenções, mas essa trama foi resolvida. Agora, elas podem ser mostradas de outra forma, já que o desafio atual envolve o Multiverso e a linha do tempo sagrada.

    As Joias permanecem como artefatos importantes, porém menores em comparação com a nova ameaça.

    Em termos de narrativa, aquelas pedras foram confiscadas de personagens que saíram da linha do tempo e precisaram ser presos e seus itens apreendidos. 

    E convenhamos, qualquer pessoa como uma Joia do Infinito tem poder suficiente para desviar de seu caminho pré-determinado e bagunçar as coisas. Aí a TVA interfere.

    Não foi tudo em vão

    Não é porque as Joias do Infinito foram mostradas como algo trivial para a TVA que elas não mereciam toda a atenção do mundo quando a trama estava focada apenas em um universo. Mereciam, mas o momento para isso passou.

    Uma vez que a história evoluiu, é preciso seguir novas ideias e investir em desafios maiores. Então, por mais que pareça um absurdo, as Joias são parte do passado da Marvel Studios.

    E é importante entender: A TVA foi mostrada como um novo nível de poder, responsável por manter toda a existência. É algo muito acima de qualquer Joia do Infinito, não importa a linha do tempo ou universo da qual faça parte.

    Por isso a cena polêmica em questão mostra as Joias como simples pesos de papel, afinal, seu poder é irrelevante para os membros da TVA.

    Vingadores não morreram em vão

    Os Vingadores fizeram o que puderam para evitar a morte de metade do universo. Sem fazer ideia da existência da TVA, lutaram bravamente. 

    Suas perdas não foram em vão, afinal, era preciso que isso acontecesse para que a história evoluisse. 

    E falando em termos de produção, era preciso uma renovação para o MCU continuar relevante e interessante. Assim, saem atores caros e renomados e entram novos nomes. Algo natural e necessário para uma franquia dessa magnitude.

    Então, não fique triste. Os eventos mostrados em Loki são apenas o próximo passo em relação à tudo que vimos nos filmes da Marvel até então. Entenda isso como uma evolução. Algo positivo. Imagine só as possibilidades!

    Diferente, sem descartar o que sabemos

    Loki tem uma trama ambientada após os eventos de Vingadores - Ultimato, quarto longa dos heróis da Marvel que mostra a fuga do vilão com o Tesseract, a Joia do Espaço. 

    Para entender melhor a intenção da série, o showrunner, o protagonista e a diretora comentaram um pouco sobre Loki:

    Quando começamos a ter ideias para uma nova série sobre o Loki, sabíamos imediatamente que não queríamos invalidar sua morte pelas mãos de Thanos. Não queríamos dizer ‘É piada. Isso não aconteceu’. Por isso, foi importante para nós ter uma premissa que nos permitisse contar uma nova história, sem invalidar tudo o que sabemos e apreciamos sobre a jornada de Loki até agora”, afirma Stephen Broussard, produtor executivo de Loki.

    A equipe da série espera que os fãs aproveitem ao máximo esta nova história sobre um dos vilões mais amados da Marvel. “Espero que sintam que tudo o que amam na Marvel e no Loki está lá. Que criamos algo brilhante, colorido e espetacular, contendo luz e sombra, profundidade e humor. Criamos personagens interessantes e novos mundos nos quais as pessoas enfrentam desafios físicos e emocionais que as colocam à prova”, diz Tom Hiddleston. 

    A diretora Kate Herron, por sua vez, espera que o público acredite que uma maneira interessante foi encontrada para analisar esse personagem dos quadrinhos e levá-lo por um novo caminho, e conclui: “Em última análise, espero que tenhamos respondido à pergunta sobre o que faz de Loki, Loki”.

    A série ganha capítulos toda quarta no Disney+. Veja o trailer:

    Continua após o anúncio

    Veja mais