Especial Mulheres na Direção: conheça a carreira de Nia DaCosta

Diretora e roteirista americana será a primeira mulher negra a dirigir um filme da Marvel

16/10/2020 19h25

Por Thamires Viana

Um dos nomes que vem dando o que falar atualmente em Hollywood é o da diretora e roteirista Nia DaCosta. A americana de 30 anos será a primeira mulher negra a assumir a direção de um filme da Marvel, estando à frente de Capitã Marvel 2, sequência estrelada por Brie Larson.

Nos cinemas, seu primeiro longa-metragem foi o drama Little Woods, estrelado por Tessa Thompson e Lily James em 2018, que saiu vencedor do Festival de Tribeca e fez de Nia uma das novas queridinhas dos estúdios. Seu próximo projeto nas telonas será na direção de A Lenda De Candyman, terror produzido por Jordan Peele que estreia em 2021.

Dando continuidade ao especial Mulheres na Direção, no qual o Cineclick dedica o mês de outubro às diretoras que exercem trabalhos memoráveis no cinema, conheça mais sobre a carreira de Nia DaCosta.

Perfil: Nia DaCosta

A diretora e roteirista Nia DaCosta nasceu em 1990 no Brooklyn, em Nova York, mas foi criada em Harlem, bairro conhecido por ser um grande centro cultural e comercial dos afro-americanos. Ainda na adolescência, Nia sabia que queria ser escritora, mas se encantou pelo cinema após assistir ao clássico Apocalypse Now, de 1979, dirigido por Francis Ford Coppola. 

Encontrando nas telas a sua grande vocação, Nia mudou os planos e se matriculou na New York University Tisch School of the Arts, onde trabalhou como assistente de produção de TV e conheceu seu grande ídolo e referência, Martin Scorsese.

Foi nesse período que Nia escreveu o roteiro de seu primeiro curta-metragem, Night and Day, lançado em 2013. A história acompanha uma mulher que enfrenta uma noite difícil enquanto seu marido está fora de casa e traz traços de drama e suspense em sua abordagem.

Em 2015, o roteiro de Little Woods, seu primeiro longa-metragem, foi selecionado para o Sundance Screenwriters and Directors Labs e deu à Nia a oportunidade de financiar o projeto com o apoio de 72 patrocinadores.

Com a estreia do filme estrelado por Tessa Thompson e Lily James, Nia passou a ser uma das novas queridinhas de Hollywood. Little Woods venceu o Prêmio Nora Ephron no Festival de Cinema de Tribeca, em Nova York, e abriu as portas para a diretora americana apostar em novos e grandes projetos.

Novos Projetos

No final de 2018, foi anunciado que ela assumiria a direção de A Lenda De Candyman, terror que chega aos cinemas em 2021. O filme é produzido por Jordan Peele, de Corra!, e será estrelado por Yahya Abdul-Mateen II, ator de Aquaman

A americana também será a primeira mulher negra a dirigir um filme da Marvel, assumindo a cadeira de Capitã Marvel 2, sequência do longa de sucesso do Universo Cinematográfico da Marvel. O filme trará o retorno de Brie Larson como a heroína título e está previsto para estrear em julho de 2022, como parte da fase 4 do estúdio.

Filmes

Little Woods

O primeiro longa-metragem de Nia se concentra nas irmãs Ollie, vivida por Tessa Thompson, e Deb, personagem de Lily James, que se veem caindo no mundo ilegal do tráfico de drogas na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos após descobrirem uma dívida gigantesca deixada pela mãe após a morte. O filme chegou aos cinemas em 2018 e ainda traz no elenco Luke Kirby, James Badge Dale e Lance Reddick.

A Lenda de Candyman

O próximo projeto de Nia nas telonas é o remake do terror de 1992 que será produzido por Jordan Peele. Na trama, em um bairro pobre de Chicago, a lenda de um espírito assassino conhecido como Candyman, vivido por Yahya Abdul-Mateen II, assolou a população anos atrás. Agora, o local foi renovado e é lar de cidadãos de alta classe. Quando o espírito retorna, os novos habitantes também serão obrigados a enfrentar a ira de Candyman.

Capitã Marvel 2

Além da já confirmada direção de Nia, o novo filme da heroína ainda não tem detalhes divulgados, mas é provável que o longa seja ambientado nos dias atuais e traga a personagem vivida por Brie Larson em uma nova batalha contra o Império Kree. No entanto, ainda há dúvidas se ele se passará antes ou depois da aparição da heroína em Vingadores - Ultimato. O que sabemos até agora é que o roteiro está nas mãos de Megan McDonnell e a previsão de estreia é para julho de 2022.

Veja também:

Especial Mulheres na Direção: conheça a carreira de Anna Muylaert

Especial Mulheres na Direção: conheça a carreira de Laís Bodanzky

Conheça a trajetória e os marcos do Cinema Negro

Entenda quem é Candyman, lenda urbana do assassino do espelho


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus