cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Estou Com Aids só me deu prejuízo, afirma David Cardoso

    Por Heitor Augusto
    18/08/2010

    Em meio à pandemia da Aids, David Cardoso, ícone da pornochanchada, dirigiu, produziu e estrelou Estou Com Aids, mistura de documentário e ficção que, em 1985, tinha a pretensão de passar informações a respeito do maior paradigma humano dos últimos 30 anos.

    Estou Com Aids só me deu prejuízos”, afirma o diretor. David Cardoso participou de debate na terça-feira (17/8) em São Paulo, logo após a exibição do docudrama no Espaço Unibanco Augusta.

    “Foi um completo fracasso de bilheteria, houve campanhas contra o filme. Como realizador, fiquei feliz de tê-lo feito, mas foi um prejuízo financeiro”, relembra. O longa estreou em 21 de novembro de 1985 sob boicote da imprensa e sem contar com o boca a boca do público, que provavelmente ficou frustrado por não encontrar o que esperava em um filme de David Cardoso: sacanagem.

    Estou Com Aids é um retrato fundamental para entender a evolução da sociedade em relação à doença. Preconceito, fatalismo, trilha tenebrosa de Ronaldo Lark, terror e desinformação são alinhavados por personalidades públicas e interpretações ficcionais de histórias reais (como a de um cabeleireiro expulso de uma cidade pequena quando foi diagnosticado).

    “Hoje eu faria um filme diferente, que tentasse mostrar os caminhos”, reconhece o diretor. Mesmo assim, ele considera que o longa teve sua função. “No mercado pornográfico, a postura mudou, atores passaram a diferenciar os trabalhos com ou sem camisinha, cobrar mais”.

    Nascido em Maracaju, Mato Grosso do Sul, em 1943, José Darcy Cardoso, nome de batismo de David Cardoso, começou no cinema fazendo várias funções. Sua estreia oficial como ator ocorreu em Corpo Ardente, de Walter Hugo Khouri. Nos anos 70, foi o maior produtor e ator de pornochanchadas (comédias baratas com mulheres nuas e sugestão do sexo).

    Estou Com Aids, exibido na terça durante o IV Cinema Mostra Aids, foi o penúltimo filme de Cardoso como produtor. Curiosidade: o ator faz uma ponta como um radialista de uma cidade pequena em Cabeça a Prêmio, estreia de Marco Ricca na direção que chega aos cinemas nesta sexta-feira (20/8).