cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Falta de visto impediu entrevista de Oliver Stone no Brasil

    Por Da Redação
    01/06/2010

    O lançamento de Ao Sul da Fronteira, de Oliver Stone, não teve a presença do cineasta e, tampouco, houve a prometida coletiva de imprensa. Acontece que Stone sofreu um problema com a documentação ao desembarcar no aeroporto de Cumbica, em São Paulo.

    Sem o visto de entrada, Stone e sua equipe ficaram presos no aeroporto por mais de duas horas. A liberação só ocorreu após uma sequência de contatos iniciados pelo produtor Luiz Carlos Barreto, que detém os direitos do filme no Brasil.

    Barreto falou com Carlos Amorim, Ministro das Relações Exteriores, que acionou Luiz Paulo Barreto, Ministro da Justiça e este teria deixado a Polícia Federal de Brasília a par da situação. Depois de tudo isso, a Polícia Federal de Cumbica recebeu um fax autorizando o desembarque condicional – permissão de ficar no país por oito dias, sem o visto, a fim de resolver seus compromissos – ao cineasta.

    Na manhã desta terça-feira (1º/6), Stone se encontrou com a pré-candidata à presidência, Dilma Roussef e, ao sair, não falou com a imprensa. À tarde, ele deve ir para a Bolívia.

    Ao Sul da Fronteira é um documentário que fala das forças políticas de esquerda na América do Sul e conta com depoimentos dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Hugo Chávez (Venezuela), Raul Castro (Cuba), Evo Morales (Bolívia), Fernando Lugo (Paraguai), Rafael Correia (Equador) e Cristina Kirchner (Argentina).