cineclick-logo
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • Fale Conosco|Política de Privacidade
    © 2010-2020 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Fenômeno Selena: a história que o brasileiro não conhece

    A jovem cantora falecida em 1995 tem sua vida retratada em nova série biográfica na Netflix
    Por Thamires Viana
    05/12/2020

    Nomeada pela Billboard como a 'Melhor Cantora dos anos 90', dona uma voz inconfundível e uma alegria irradiante, Selena Quintanilla marcou a história da música latina. Tema da nova série da Netflix, Selena: A Série, a cantora estaduniense de ascendência mexicana foi um grande fenômeno que, infelizmente, teve a vida interrompida precocemente em 1995, quando tinha apenas 23 anos de idade.

    Lançada na última sexta-feira (04), a primeira parte da atração estrelada por Christian Serratos tem 9 episódios e passará pelo início da carreira de Selena, contando todos os esforços feitos por ela e sua família para se transformar em um grande ícone da música latina.

    Quem foi Selena?

    Selena Quintanilla-Pérez nasceu em 1971 no Texas, filha mais nova de um casal de mexicanos que residia nos Estados Unidos. Demonstrando um talento nato para a música desde cedo, a jovem começou sua carreira aos 10 anos, quando se uniu aos irmãos mais velhos na Selena y Los Dinos, banda formada por eles no início dos anos 80.

    Porém, o sucesso de Selena veio no início dos anos 90, quando ela se tornou um dos maiores destaques da música latina. A fama veio após a jovem cantora ganhar o prêmio de Vocalista Feminina do ano, em 1987, quando apostava no Tex Mex, estilo musical que na época era predominantemente masculino. Por conta disso, Selena sofreu muito preconceito no início de sua carreira, mas quebrou as barreiras alcançando o topo das paradas musicais da Biilboard e sendo considerada pelo selo como a Melhor Cantora de Música Latina da Década. Estima-se que a jovem tenha vendido mais de 80 milhões de discos ao redor do mundo.

    Em 1994, a artista ganhou um Grammy de Melhor Álbum de Música Latina com o disco Selena Live!, um dos mais importantes de sua carreira, seguido de Amor Prohibido, de 1994, que se tornou um dos mais vendidos em solo americano.

    A estrela se apagou

    Dona de uma personalidade contagiante e um talento imensurável, Selena morreu no auge de sua carreira que ainda se iniciava. Assim como os Mamonas Assassinas, banda brasileira que se tornou um fenômeno da noite para o dia e teve a vida interrompida muito cedo em um acidente, a jovem cantora deixou uma infinidade de fãs que precisou dizer adeus à estrela brucamente.

    Em 1995, a família de Selena descobriu que Yolanda Saldívar, mulher que administrava o fã-clube e uma das lojas da cantora, vinha desviando uma grande quantia em dinheiro e fraudando a marca que levava o nome de Selena. Considerada uma irmã mais velha da artista, Yolanda negava as acusações e afirmava que era inocente para conseguir o perdão da estrela e da família. 

    No entanto, as descobertas acabaram causando a demissão da mulher e, inconformada com o fato, ela chamou Selena para uma conversa em um quarto de hotel na cidade de Corpus Christi, no Texas, no dia 31 de março daquele ano. A cantora exigia que Yolanda entregasse os documentos e registros financeiros das lojas, mas a mesma se recusava a assumir a autoria das fraudes.

    Com chantagens emocionais e ameaças de suicídio, Yolanda atirou violentamente nas costas de Selena quando a jovem tentou ir embora do local. Mesmo ferida, a artista conseguiu percorrer cerca de 100 metros até a recepção do hotel e informar quem havia atirado contra ela. Muito ferida, a estrela da música latina foi levada ao hospital, mas faleceu devido a um choque hipovolêmico que acarretou em uma parada cardio-respiratória.

    Yolanda foi presa na mesma noite e condenada à prisão perpétua em outubro de 1995, mas garantiu na justiça o direito de liberdade condicional após 30 anos presa. Ela poderá ser solta em março de 2025. 

    Selena: A Série

    Homenageando a artista, a Netflix lançou a primeira parte da atração que contém nove episódios de aproximadamente 40 minutos cada. Partindo desde à infância de Selena até sua ascensão na carreira, a parte 1 da série traz muito alto-astral e leveza ao revisitar a vida de uma das artistas mais importantes da década de 90.

    Cena da série Selena: A Série

    No papel de Selena está Christian Serratos, atriz de 30 anos que ficou conhecida como a Rosita Espinosa na série The Walking Dead. O elenco ainda traz nomes como Julio Macias, Jesse Posey, Noemí Gonzales e Gabriel Chavarria. 

    Selena: A Série conta com direção de Hiromi Kamata, renomada cineasta mexicana. Ainda não há informações sobre o lançamento da parte 2 da série, mas acredita-se que ela focará no desfecho trágico da vida da artista. 

    Confira o trailer oficial:

    Continua após o anúncio