cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Festival de Cannes começa hoje

    Por Da Redação
    15/05/2002

    O festival de cinema mais reverenciado chega a sua 55ª edição hoje com um enfoque em filmes políticos. Cannes abre com o novo filme de Woody Allen, Hollywood Ending e é presidido pelo diretor norte-americano David Lynch.

    Allen nunca compareceu ao festival antes, mas resolveu aceitar o convite de apresentar seu filme fora de competição e receber uma homenagem. "Todos dizem que vai estar muito cheio, mas eu vou passar por essas duas semanas com minha família, pois acredito que os franceses têm sido muito gentis comigo", disse o diretor nova-iorquino na terça-feira à noite.

    O diretor de seleção de Cannes, Thierry Frémaux, confirma a escolha por filmes políticos este ano. "Quisemos, sim, aproximar o festival da atualidade geopolítica trazendo um filme israelense e um palestino, ambos ao seu modo falando de paz. Mas isso é uma tendência, o engajamento política dessa safra de filmes chama a atenção."

    Confira os 22 filmes que concorrem à Palma de Ouro:

    Punch-drunk Love, de Paul Thomas Anderson (Estados Unidos)
    L'ora di Religione, de Marco Bellochio (Itália)
    Spider, de David Cronenberg (Canadá)
    Le Fils, de Luc et Jean Pierre Dardenne (Bélgica)
    Kedma, de Amos Gitai (Israel)
    Chihwaseon, de Im Kwon Taek (Coréia do Sul)
    Ren Xiao Yao, de Jia Zhang Ke (China)
    Mies Vailla Menneisyytta, de Aki Kaurismaki (Finlândia)
    10, de Abbas Kiarostami (Irã)
    O Principio da Incerteza, de Manoel de Oliveira (Portugal)
    The Pianist, de Roman Polanski (produção estrangeira)
    Russian Ark, de Alexandre Sokurov (Rússia)
    Intervention Divine, de Elia Suleiman (palestino)
    24 Hours Party People, de Michael Winterbottom (Grã-Bretanha)
    Bowling for Columbien, documentário de Michael Moore (EUA)
    About Schmidt, de Alexander Payne (EUA)
    L'adversaire, de Nicole Garcia (França)
    Marie Jo et Ses Deux Amours, de Robert Guediguian (França)
    Demonlover, de Olivier Assayas (França)
    Irreversible, do franco-argentino Gaspar Noé (França)

    O Festival de Cannes vai até o dia 26 de maio.