cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Festival de Cinema e Vídeo Ambiental de Goiás termina amanhã

    Por Da Redação
    16/06/2001

    A terceira edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, que termina amanhã, em Goiás Velho (GO), tem a participação de 17 filmes brasileiros que concorrem a um total de R$250 mil em prêmios.

    Entre as produções brasileiras estão Tainá - Uma Aventura na Amazônia, de Tânia Lamarca e Sérgio Bloch; Luzes da Madrugada, de Paulo Caetano; O Sonho de Rose, de Tetê Moraes; ABÁ - Índio, Homem, Pessoa - 500 anos D. Cabral, de Rose da Silva; e O Relógio e a Bomba, de Cirineu Kuhn.

    A cerimônia de premiação acontece amanhã (17), e o melhor filme ou vídeo concorre ao Grande Prêmio Cora Coralina, de R$ 50 mil.

    O melhor longa-metragem receberá um prêmio equivalente a R$ 35 mil, os melhores curta e média-metragem, R$ 25 mil cada um, e a série de televisão vencedora receberá R$ 25 mil.

    O festival teve sua primeira edição em 1999, com o objetivo de estimular a produção cinematográfica e conscientizar a sociedade sobre a necessidade de preservação do meio ambiente. Apesar de abrigar um festival de cinema e vídeo, Goiás Velho, como a maioria das cidades brasileiras, não possui uma sala de cinema. A exibição dos filmes é feita numa sala improvisada.

    Este ano, o festival traz filmes do Brasil, Moçambique, Alemanha, México, Nigéria, Estônia, África do Sul, Papua Nova Guiné, Geórgia, Bolívia, Vietnã, Austrália, Inglaterra, Colômbia, Rússia, EUA, França e Espanha.