cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Festival É Tudo Verdade premia Homem-Comum como melhor documentário

    Entre os estrangeiros o vencedor foi Jasmine, de Alain Ughetto
    Por Gustavo Assumpção
    13/04/2014

    Foram conhecidos neste sábado os vencedores da edição 2014 do É Tudo Verdade, mostra que reúne as principais produções documentais do Brasil e do mundo. O grande vencedor deste ano foi Homem Comum, documentário de Carlos Nader.

    Eleito o melhor brasileiro de longa-metragem pelo júri, o filme acompanha um caminhoneiro durante mais de vinte anos para retratar os desafios e percalços de sua vida. 

    Já entre os internacionais, o vencedor foi Jasmine, sobre o relacionamento entre uma iraniana e um animador francês. 

    Veja abaixo a lista completa de vencedores:

    COMPETIÇÃO INTERNACIONAL
    Melhor Documentário Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial): "Jasmine", de Alain Ughetto.
    Melhor Documentário Curta-Metragem (Júri Oficial): "Mãe é Deus", de Maria Bäck.
    Menção Honrosa para Documentário Curta-Metragem (Júri Oficial): "O Domador de Peixes", de Roger Gómez e Dani Resines.

    COMPETIÇÃO BRASILEIRA
    Melhor Documentário Brasileiro de Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial): "Homem Comum", de Carlos Nader.
    Melhor Documentário Curta-Metragem (Júri Oficial): "Borscht, uma receita russa", de Marina Quintanilha.
    Menção Honrosa Documentário de Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial): "Democracia em preto e branco", de Pedro Asbeg.
    Menção Honrosa Documentário de Curta-Metragem (Júri Oficial): "E", de Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti e Miguel Ramos.

    PREMIAÇÕES PARALELAS
    Prêmio Aquisição Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem | Júri próprio: Cid Nader, Flávia Guerra, Luis Nogueira, Marcos Petrucelli e Renata Delia.
    Melhor Documentário Curta-Metragem
    "Com uma câmera na mão e uma máscara de gás na cara", de Ravi Aymara.

    Prêmio ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) | Júri próprio: Cid Nader, Marília Franco e Orlando Margarido.
    Melhor Documentário Longa ou Média-Metragem Competição Brasileira: "Homem Comum", de Carlos Nader.
    Melhor Documentário Curta-Metragem: "Sem Titulo #1: Dance of Leitfossil", de Carlos Adriano.

    Prêmio ABD São Paulo de Melhor Curta-Metragem Brasileiro (Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas | Júri Próprio: Renata Druck, Marcelo Sollero, Danilo Santos e Cristina Mülle.
    Melhor Documentário Curta-Metragem: "E", de Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti e Miguel Ramos.
    Menção Honrosa Documentário de Curta-Metragem
    Sem Titulo #1: Dance of Leitfossil, de Carlos Adriano.