cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Ficar numa fila é melhor do que assistir Demolidor do Ben Affleck

    Filme completou 18 anos como um dos piores longas baseados em HQs
    Por Daniel Reininger
    14/03/2021 - Atualizado há 4 meses

    Antes de ser o Batman, Ben Affleck (Argo) foi Demolidor, o Homem sem Medo em um filme que, infelizmente, foi parar nos cinemas. Lançado no Brasil em 14 de março de 2003, essa é uma aventura dirigida e escrita por Mark Steven Johnson (Motoqueiro Fantasma), levemente baseado no personagem criado por Stan Lee, Bill Everet e Frank Miller.

    O projeto estava em desenvolvimento em vários estúdios desde 1997, antes de finalmente ir para a 20th Century Fox em 2000. Affleck estrela como Matt Murdock, o vigilante nascido e criado no bairro de Hell’s Kitchen, Nova York. 

    A história de quase origem mistura diversos elementos do Demolidor: sua vida dupla, o Rei do Crime (que por acaso assassinou seu pai), a relação com o amor de sua vida, como ele sente ao perdê-la, sua busca por vingança e a solução do mistério da morte de seu pai. Tudo em 90 minutos angustiantes.

    A coisa é tão feia que Ben Affleck ganhou o Framboesa de Ouro, o Oscar dos piores do ano, por sua interpretação de Matt.

    Crítica

    Mal recebido pela crítica, o filme tem hoje apenas 44% de aprovação no site Rotten Tomatoes, que é um agregador de críticas. Lá o público também opina e apenas 35% dos votantes gostam da produção.

    Veja algumas passagens da análise do Cineclick da época, que até tenta olhar o filme pelo lado bom:

    "Todos os dogmas que moldam os super-heróis dos gibis estão competentemente estampados no celulóide: a gênese do herói, sempre relacionada com um sofrido passado familiar, as crises existenciais, o tormento obsessivo pelas incongruências da justiça, a própria condição humana de finitude.

    Papo cabeça demais? Nada disso. Todo este pacote psicossocial vem cuidadosamente embalado com estripulias visuais de encher os olhos de fantasias e a boca de pipoca. 

    São cortes de microsegundos, movimentos alucinantes de câmeras (as reais e a as virtuais) e uma estética dark-gótico-católica que não fica devendo nada a Gotham City. A texana Jennifer Garner, no papel de Elektra, também enche os olhos. 

    Depois de atuar em Mr. Magôo, Desconstruindo Harry e Prenda-me se For Capaz, ela rouba a cena de Ben Affleck (com que já havia trabalhado em Pearl Harbor) com sua beleza fora dos padrões convencionais. Dramaticamente ela também convence, mas quem liga?

    Falando em "quem liga?", lá vai a trama de Demolidor: num bairro violento de Nova York (Hell's Kitchen), o garoto Matt (Scott Terra, de Malditas Aranhas) sofre uma grande decepção ao descobrir que seu pai trabalha para criminosos. 

    Como desgraça pouca é bobagem, acidentalmente um produto químico cai sobre seus olhos, cegando o menino. Inexplicavelmente, seus outros sentidos tornam-se super aguçados. 

    Daí a ele se transformar num super-herói é um pulo. Um pulo e uma super-roupa de látex que o filme não mostra de onde vem, o que tampouco tem importância alguma.

    O longa

    Assim como a série da Netflix, o filme conta a história de Matt Murdock (Ben Affleck), um jovem órfão que fica cego depois de ser exposto a produtos químicos. Cego, ganha uma espécie de ecolocalização, que faz com que ele veja melhor do qualquer outro homem. Murdock mantém uma aparente normalidade como advogado criminal de  Nova York. O filme se perde ao tentar trazer elementos demais dos quadrinhos sem aprofundar nenhum elemento.

    O longa custou US$ 78 milhões e faturou no mundo apenas US$ 179 milhões, afinal, não agradou ao público.

    É verdade que o longa recebeu muitas críticas na época por lembrar outros filmes de super-heróis, mas mesmo visto hoje é impossível não sentir que são minutos perdidos do seu dia. Era melhor ficar numa fila qualquer e falar no whatsapp do que assistir de novo esse longa.

    Continua após o anúncio

    Elenco e personagens

    Caso ainda esteja curioso, saiba quem é quem no filme:

    • Ben Affleck como Matt Murdock / Demolidor
    • Jennifer Garner como Elektra Natchios
    • Michael Clarke Duncan como Wilson Fisk / Rei do Crime
    • Colin Farrell como Lester Poindexter / Mercenário
    • Jon Favreau como Foggy Nelson
    • Joe Pantoliano como Ben Urich
    • David Keith como Jack Murdock
    • Scott Terra como Matt Murdock (Jovem)
    • Erick Avari como Embaixador Nikolaos Natchios
    • Ellen Pompeo como Karen Page
    • Coolio como Daunte Jackson
    • Frankie J. Allison como Pai
    • Stan Lee aparece como pedestre
    • Leland Orser como Wesley Owen Welch
    • Bernard Williams como London Airport Guard
    • Paul Ben-Victor como Jose Quesada

     

    Quer arriscar? Saiba onde ver

    Caso queira conhecer ou rever, o filme está disponível na Amazon Prime Video e no Telecine Play

    Veja o trailer:

    Veja o trailer dessa pérola

    Conteúdo Relacionado