cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Filme brasileiro passeia por sete festivais internacionais

    Por Da Redação
    29/03/2008

    O longa-metragem dirigido pelo brasileiro Gustavo Spolidoro fez sua estréia internacional em Rotterdam e irá participar de sete festivais. Ainda Orangotangos ainda não foi lançado comercialmente no Brasil, mas somente neste fim de semana estará em 3 competições. No 9º Festival Cinema de Tróis Amériques, em Quebec, Canadá, a produção nacional irá concorrer com outros 16 filmes, como XXY e Luz Silenciosa, ambos premiados em Cannes.

    Depois o filme segue para a França, no 20 Ème Rencontres Cinémas D'amérique Latine de Toulouse, um dos principais festivais latinos da Europa, onde participa da Competição Descobertas, ao lado de outros sete longas latinos. Ainda Orangotangos também estará na Dinamarca, no Natfilm Festival - Copenhagen.

    A maratona de festivais não pára por aí. Na semana seguinte, o longa vai à Argentina participar do 10º BAFICI (Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente) Buenos Aires. Em maio, o filme participa de dois festivais de cinema brasileiro no exterior, sendo um em Miami (12º Festival de Cinema Brasileiro de Miami) e outro em Paris (10º Festival de Cinema Brasileiro de Paris). Logo depois Ainda Orangotangos viaja para o Seattle International Film Festival.

    Este é o primeiro longa-metragem feito no Brasil filmado em único plano-seqüência, sendo que foram necessários dois meses de ensaios e quatro de pré-produção.

    O enredo acompanha quinze personagens que transitam pelas ruas e prédios de Porto Alegre (RS). Japoneses vão ao limite no metrô; duas garotas se beijam em um ônibus enquanto discutem futebol e o saco do Papai Noel; o porteiro de um grande condomínio só pensa na cerveja no fim do expediente; uma mulher nua foge de pombas dentro de seu apartamento; entre outras situações inusitadas.