Francis Ford Coppola esclarece comentários sobre Marvel

Diretor disse que sua frase foi tirada de contexto

29/10/2019 14h24

Por Daniel Reininger

Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão) comentou a polêmica sobre os filmes da Marvel Studios depois de chamar as produções de "desprezíveis". Agora, o cineasta afirma que suas palavras foram mal interpretadas, pois se referia à maneira como a indústria se aproveita dessas produções para gerar lucros usando as mesmas fórmulas.

Em nova entrevista ao Deadline, Coppola explicou que os filmes da Marvel têm méritos, mas ainda concorda com Scorsese. "Sabe, tenho certeza que você está resumindo o que quer que Martin tenha dito. A essência de seu discurso. Se você perguntar a ele se há talento e expressão cinemática, se há um grande trabalho por trás de certos filmes da Marvel, ele diria sim. Mas seu ponto é que o conceito dos filmes da Marvel consumiram todo o oxigênio, ou seja, os recursos não são realmente mais do que um passeio pelo parque temático do que podemos chamar de cinema. Sim, eu concordo com ele. Mas comerciais de TV também são cinema - mas é uma bela forma de cinema? não."

Coppola explicou porque é contra os estúdios explorarem o mesmo formato em busca de lucros: "Particularmente não gosto da ideia de franquias, a noção de que você pode continuar repetindo essencialmente o mesmo filme por ganho financeiro - em outras palavras, a abordagem formulaica. Sinto que essa abordagem reduz os riscos econômicos dos filmes, e sinto que o 'fator risco' é um elemento que às vezes torna os filmes grandiosos. E também, os filmes formulaicos moldam os recursos disponíveis a eles, deixando pouco para produções mais ousadas, reduzindo diversidade. De certa forma, acredito que cinema é como comida: você certamente pode adicionar coisas para torná-lo apetitoso, saboroso e agradável, mas tem que ter algo de nutritivo para ser considerado como comida de verdade."

Tudo começou quando, durante entrevistas para promover O Irlandês, Martin Scorsese (Taxi Driver) afirmou que os longas produzidos pelo Marvel Studios não são "cinema" e isso aconteceu bem perto da estreia do último filme da DC Comics. Por sinal, Coringa, filme da Warner Bros. comandado por Todd Phillips, tem Emma Tillinger Koskoff como produtora e ela é uma parceira de longa data do cineasta e eles continuam a trabalhar juntos. Ou seja, o comentário do cineasta só ajuda a aumentar a richa entre Marvel e DC.

Essa história vai longe...


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus