Gênio Diabólico é uma série com trama real, bizarra e imperdível

Atração conta história de um assalto a banco que acabou com a morte de um entregador de pizzas

18/08/2020 20h00

Por Thamires Viana

Histórias complexas envolvendo crimes reais sempre instigam o público a correr para os cinemas ou até mesmo dar o play nas plataformas de streaming. As produções fazem sucesso no meio audiovisual e está cada vez mais comum o hábito de consumo de podcasts, séries, filmes e documentários sobre o assunto.

Com a busca do público, o true crime se tornou um subgênero cada vez mais amplo, principalmente com a chegada dos serviços de streaming que criaram seções nos catálogos para acomodar suas produções.

Se o real já chama a atenção, imagina só quando a história ainda traz um tom bizarro na jogada? É isso que acontece em Gênio Diabólico, série documental da Netflix que revela detalhes de um crime que marcou a Pensilvânia. Nos primeiros minutos da atração já vemos que a situação ocorrida é, de fato, estranha, mas ela se torna ainda mais provocativa.

Conheça mais sobre Gênio Diabólico:

História

Um entregador de pizzas chamado Brian Wells é morto após cometer um assalto em um banco na região de Erie, nos Estados Unidos. No entanto, o detalhe curioso é que o assaltante estava com uma bomba presa ao seu pescoço, o que levou a polícia local a acreditar que ele pode ter sido obrigado a cometer o crime. Pouco tempo depois de deixar o banco e ser rendido pelos policiais, o assaltante revelou que seguia ordens de outras pessoas, mas acabou morrendo com a explosão da bomba antes de contar toda a verdade. 

O que já parecia bizarro se torna ainda mais estranho quando outros assassinatos ocorrem na região em um curto período de tempo. Com as investigações, os policiais acreditavam que eles poderiam ter ligação com o assalto e passaram a criar uma linha de raciocínio para tentar chegar ao desfecho do caso.

Com quatro episódios, Gênio Diabólico entrega ao público uma abordagem completa sobre o caso trazendo imagens das câmeras de segurança do banco, além de entrevistas com especialistas e investigadores. A série aprofunda também na cobertura intensa da imprensa, que chegou até mesmo a transmitir ao vivo a morte de Brian Wells, e no julgamento dos acusados ocorrido sete anos após o crime.

Por que assistir?

Bom, se você gosta de histórias sobre crimes reais e não perde a chance de assistir as produções do gênero, já deve saber que é quase impossível parar um episódio pela metade ou até mesmo deixar de lado. Com Gênio Diabólico não será diferente! A série é um prato cheio de mistérios e acontecimentos macabros que vão, de fato, quebrar sua cabeça para entender todos os pontos dessa história.  

Além disso, a atração é intensa na hora de aprofundar o caso, o que torna tudo ainda mais imersivo para o público. Enquanto você tenta entender um acontecimento, já se depara com outro que mudou completamente o rumo dessas investigações. Mas se engana quem pensa que a série é confusa ou corrida demais. Apesar das reviravoltas, a trama é muito bem elaborada e precisa na hora de entregar os detalhes desse crime. 

Onde ver?

Gênio Diabólico está disponível no catálogo da Netflix e conta com quatro episódios de 50 minutos cada. A direção é assinada por Barbara Schroeder.

Veja o trailer oficial:

Veja também: 

Ted Bundy: As facetas do serial killer abordadas no streaming

Confira seis séries documentais que abordam investigações

Seis séries que apresentam tramas reais e bizarras

Dicas de séries para quem ama histórias complexas


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus