cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    GOYA 2013: Longa Blancanieves é grande vencedor em cerimônia polêmica

    Discurso político tomou conta da premiação do cinema espanhol
    Por Cristina Tavelin
    18/02/2013

    Na noite do último domingo (17/02) aconteceu a cerimônia de entrega dos Prêmios Goya do cinema espanhol. O filme Blancanieves, do diretor Pablo Berger (foto), foi o grande vencedor do evento, faturando dez estatuetas. Ao longo da história da premiação, foi superado apenas por Mar Adentro, com 14, e Ay, Carmela!, com 13 conquistas.

    O Impossível, de Juan Antonio Bayonne, levou 5 prêmios: melhor edição, melhor som, melhor direção de produção e melhores efeitos especiais.

    Juan dos Mortos
    , do diretor Alejandro Brugés, ganhou a categoria de Melhor Filme Ibero-americano, à frente dos longas 7 Cajas (Paraguai), Depois de Lúcia (México) e Infância Clandestina (Argentina).  Nas palavras de Brugués, o prêmio abriu "uma porta para o cinema independente cubano que ninguém poderá fechar".

    Para rebater o discurso libertário, o presidente da Academia de Cinema Espanhola, Enrique González Macho, retrucou: "O cinema não pertence a nenhum partido político (...) É um direito dos cidadãos". Vencedora na categoria Melhor Atriz por Blancanieves, Maribel Verdú seguiu no debate político, dedicando sua estatueta às pessoas que "perderam suas casas, ilusões e inclusive a vida em um sistema quebrado, injusto e obsoleto".

    O ator Javier Bardem, que produziu o documentário Hijos de las Nubes, também deu seu discurso. "No Saara não se pode cortar gastos em saúde porque não há hospitais, nem em educação, nem fechar escolas porque não há colégios. Nem jogá-los na rua como aqui, porque ficaram sem esperanças há 35 anos", disse.

    Confira os principais ganhadores da polêmica premiação:

    Melhor Filme:
    Blancanieves

    Melhor Diretor: Juan Antonio Bayonne, por O Impossível

    Melhor Roteiro Original: Pablo Berger, por Blancanieves

    Melhor Roteiro Adaptado: Gorka Magallón, Ignacio del Moral, Javier Barreira, Jordi Gasull e Neil Landau, por As Aventuras de Tadeo

    Melhor Ator: José Sacristán, por El muerto y ser feliz

    Melhor Atriz: Maribel Verdú, por Blancanieves

    Melhor Ator Coadjuvante: Julián Villagrán, por Grupo 7

    Melhor Atriz Coadjuvante: Candela Peña, por Una pistola en cada mano

    Melhor Animação:
    As Aventuras de Tadeo

    Melhor Documentário: Hijos de las nubes

    Melhor Filme Iberoamericano: Juan dos Mortos (Cuba, Espanha)

    Melhor Filme Europeu: Intocable (França)