As grandes super-heroínas do Cinema

Super-heroínas do cinema

03/09/2020 17h00

Os lançamentos de Mulher-maravilha (2017) e Capitã Marvel (2019), para o gênero de super-heróis, representaram algo como o que Sigourney Weaver representou no papel de Ripley nos filmes de Alien, O Oitavo Passageiro, ou que Charlize Theron representou em Mad Max: Estrada Da Fúria: identificação com uma personagem feminina poderosa e protagonista de sua própria história.

Mas, mais do que isso, ambas foram dirigidas também por mulheres - diferencial especialmente relevante em uma indústria e em um segmento dominados por homens.

No caso de "Mulher-Maravilha", o hype do filme ainda coincidiu com o despertar do movimento #MeToo, transformando sua protagonista em um símbolo absoluto de empoderamento feminino.

Antes disso, porém, foram feitos filmes com outras super-heroínas, como Supergirl (1984); Tank Girl - Detonando O Futuro (1995); Mulher-gato (2004); e Elektra (2005). Mas o sucesso das duas produções mencionadas acima, entre bilheteria e crítica, abriu definitivamente espaço para uma representatividade que não seja oportunista e que abrace um número de público cada vez maior.

Efeito imediato dessa conquista é o anúncio do filme solo da Viúva Negra, previsto para o fim de 2020, que, há anos, era apenas uma personagem secundária do MCU.

Com uma história rica, cheia de personagens marcantes e promissora na apresentação de novas super-heroínas, montamos uma lista com as maiores que já foram retratadas no cinema. Confira:

Ororo Munroe (Tempestade) - Filmes X-Men

A Tempestade, nos primeiros filmes interpretada por Halle Berry, é uma líder nata dos X-Men e já tem toda sua personalidade desenvolvida.

Em X-men: Apocalipse, na ocasião interpretada por Alexandra Shipp, Ororo tem uma história de origem brevemente contada e ela é uma das únicas personagens com maior profundidade no filme.

Pode ser vista em: X-men, O Filme (2000), X-men 2 (2003), X-men: O Confronto Final (2006), X-men: Dias De Um Futuro Esquecido (2014), X-men: Apocalipse (2016) e X-men: Fênix Negra (2019).

Jean Grey (Fênix Negra) - Filmes X-Men

Jean é um dos membros mais importantes dos X-Men, sendo nomeada, por diversas vezes, "o coração do grupo".

Seu famoso codinome Fênix deve-se ao fato de ter sido a anfitriã e proprietária mais conhecida da Força Fênix. A primeira aparição da personagem nessa forma acontece em X-men: O Confronto Final e, em 2019, ganhou um filme totalmente focado no arco da Fênix Negra.

Ela precisa lidar com o poder instável e seus demônios, ficando fora de controle e dividindo a família X-Men, por representar ameaça ao planeta.

Gamora - "Guardiões da Galáxia" e outros filmes do MCU

Gamora teve seu povo aniquilado por Thanos, foi poupada e sequestrada pelo titã louco como sua "filha adotiva". Ele a modifica com implantes biônicos e peças de reposição, que a tornam uma das personagens mais letais e poderosas do espaço.

Embora programada para ser uma soldada de Thanos, Gamora carrega consigo seus traumas e seu objetivo é derrotar seu usurpador e vingar seu povo. É aí que acontece o ponto de virada, seus caminhos cruzam com os Guardiões da Galáxia, e ela se torna uma super-heroína.

No cinema, ela é interpretada por Zoe Saldana, a primeira pessoa a participar de 3 filmes com mais de U$ 2 bilhões de lucro nas bilheterias: Avatar (2,7 bilhões), Vingadores - Ultimato (2,8 bilhões) e Vingadores: Guerra Infinita (2,04 bilhões).

Carol Denvers (Capitã Marvel) - "Capitã Marvel" e outros filmes do MCU

No que compete ao objetivo de apresentar a heroína mais poderosa do Universo Cinematográfico Marvel, a forma como a sua história de origem é contada internaliza o feminismo, de maneira muito orgânica e original.

Sem apelar para argumentos panfletários, a busca de Carol Denvers é interior, sua batalha é consigo mesma. Ela quer descobrir sua real identidade. E, acima de tudo, superar suas próprias limitações e amarras.

Diana Prince (Mulher-Maravilha) - "Mulher-Maravilha" e outros filmes da DC Comics

Quarenta anos depois que ela vestiu pela primeira vez a tiara da Mulher Maravilha e seus braceletes anti-balas, o retrato de Lynda Carter como a super-heroína permanece no imaginário das pessoas.

Mais recentemente, recebeu uma versão ainda mais poderosa com Gal Gadot, que hoje é tida como a Mulher-Maravilha também na vida real. Gal mostrou seu apoio a uma mãe que escreveu um artigo sobre estereótipos de gênero após seu filho decidir ir para a escolha com uma mochila da super-heroína.

Ela também usou o superpoder da empatia ao vestir a roupa da personagem para visitar (e alegrar o dia de) crianças internadas em um hospital nos Estados Unidos.

Natasha Romanoff (Viúva Negra) - "Viúva Negra" e outros filmes do MCU

As representações de super-heroínas fizeram avanços excelentes em explorar mais os elementos humanos.

Ela pode ser vista em: Homem De Ferro 2 (2010); Os Vingadores - The Avengers (2012); Capitão América: O Soldado Invernal (2014); Vingadores: Era De Ultron (2015); Capitão América: Guerra Civil (2016); Vingadores: Guerra Infinita (2018); e Vingadores - Ultimato (2019). Agora, em 2020, ganhará filme solo.

Quer saber mais sobre o universo dos super-heróis, os melhores filmes, os maiores anti-heróis, as memoráveis animações e a trajetória dos principais estúdios para a dominação do gênero em Hollywood? Não deixe de conferir nosso artigo "A evolução dos filmes de super-herói no cinema"!


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus