cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Gravidade: Diretor diz que referências à China não são jogada de marketing

    Filme fez mais de US$ 500 milhões de bilheteria ao redor do mundo
    Por Gustavo Assumpção
    20/11/2013

    O diretor mexicano Alfonso Cuarón esteve nesta semana em Pequim, na China, para o lançamento oficial de Gravidade, um dos grandes sucessos de 2013. Lá, o diretor comentou a presença da estação espacial chinesa, a Shenzou, no clímax do filme.  

    Cuarón disse que sabe que alguns diretores inserem referências em seus projetos para agradar novos públicos, mas que essa não foi uma preocupação sua. "Quando estávamos escrevendo a história, tivemos que baseá-la em cima de elementos no espaço. Nós usamos o Telescópio Espacial Hubble, as estações espaciais. Tomamos esse caminho antes que a China se tornasse atraente para o mercado de Hollywood", afirmou o diretor, que começou a esboçar o projeto em 2008  - época em que o mercado chinês era quatro vezes menor do que hoje.

    Com mais de US$ 500 milhões em bilheteria ao redor do mundo, o longa continua superando as projeções da Warner Bros. A expectativa é que o trabalho de divulgação em território chinês consiga fazer com que o título entre na lista dos cincos filmes mais vistos de 2013.