cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Guilherme Fontes quer mais R$ 2 milhões para finalizar Chatô

    Por Da Redação
    04/05/2001

    O ator Guilherme Fontes arrecadou R$ 13,141 milhões, entre investimentos públicos e privados, para fazer o filme Chato, o mais caro empreendimento cinematográfico brasileiro. Porém, o filme não foi concluído. Fontes diz ter 95 minutos de filme montados e diz que necessita de mais US$ 2 milhões para finalizá-lo com o total de 130 minutos.

    O projeto de Chato surgiu em 1995, obteve aprovação para captar recursos com benefício das leis de renúncia fiscal em 1996 e começou a ser rodado em 1999. Em maio daquele ano, as filmagens foram interrompidas e nunca retomadas.

    Desde então, Fontes e a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, que determinou seu impedimento para captação de mais recursos, travam uma batalha de trâmites burocráticos e judiciais.

    O desejo do MinC é que Fontes devolva aos cofres públicos parte do valor captado e que um produtor delegado providencie a finalização do filme tal como está, sem captação adicional de imagens.