cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Gwyneth Paltrow diz sentir vergonha de ter atuado em O Amor é Cego

    Atriz se arrepende de ter feito comédia gordofóbica lançada há 19 anos
    Por Daniel Reininger
    05/02/2021 - Atualizado há 4 meses

    Alguns filmes envelhecem mal, muitas vezes por seus temas terem questões que a sociedade passou a entender como tóxicos ou abusivos. Prestes a completar 19 anos, o filme estrelado por Jack Black, O Amor é Cego, é um clássico dos anos 2000, mas é um desses casos. E até sua protagonista, Gwyneth Paltrow, deixou claro a vergonha que tem por tê-lo feito. E com razão. 

    A estrela revelou que o filme é o mais lamentável de sua carreira: "eu não sabia de nada. Eu tinha uma visão, mas não sabia como chegar lá, como seguir", explicou em entrevista para um especial da Netflix, citando que essa sua visão era o de ser uma mulher de negócios e bem sucedida.

    Em determinado momento do programa, Gwyneth pergunta ao seu amigo que participava do programa, Kevin Keating, se ele sabia qual era seu "papel menos favorito". Ele respondeu: "O Amor É Cego?" A atriz confirmou: "Exatamente".

    A atriz apontou que foi um dos piores trabalhos de sua vida, com experiências pessoais traumatizantes: “O primeiro dia que usei a rouba de gorda, eu estava no Tribeca Grand [hotel em NY] e atravessei o lobby. Foi muito triste. E muito perturbador. Ninguém olhava nos meus olhos por ser obesa", revelou.

    "Por algum motivo, as roupas que fazem para mulheres acima do peso são horríveis. Me senti humilhada porque todo mundo foi muito mal educado”, disse a atriz.

    Personagens gordos raramente aparecem na TV e no cinema e, quando aparecem, dificilmente são apresentados como pessoas tratadas com dignidade ou respeito. Isso colabora com essa visão.

    Veja o bate-papo dos dois

    O filme

    A trama acompanha um homem que só se interessa por mulheres magras, interpretado por Jack Black (Jumanji: Bem-vindo à Selva), mas depois se ser hipnotizado, ele passa a ver ‘beleza’ no interior das pessoas, principalmente das mulheres. Assim, conhece a personagem de Gwyneth Paltrow (Homem de Ferro).

    A cada dia de filmagem como uma pessoa obesa, a atriz demorava quatro horas na cadeira de maquiagem.

    Depois de se maquiar pela primeira vez, Gwyneth passou o dia caminhando em público. Ninguém a reconheceu e ela usou a reação das pessoas para ajudá-la a entender sua personagem. Quem é ou já foi obeso, sabe bem como essa sensação de ser ignorado ou mal tratado é horrível. 

    Ironicamente, o ator Jack Black teve que perder peso para fazer o papel de Hal.