cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    'High Fidelity', a série com Zoë Kravitz que você precisa ver

    A adaptação do romance homônimo de Nick Hornby traz novo olhar para a história
    Por Thamires Viana
    18/10/2021 - Atualizado há 8 meses

    High Fidelity, aclamada adaptação televisiva do romance de Nick Hornby e do filme Alta Fidelidade, de 2000, está disponível no Brasil pelos catálogos do Star+ e do Starzplay, e eu já adianto aqui que é uma série imperdível!

    Com 10 episódios, a atração é protagonizada pela atriz Zoë Kravitz (Mad Max: Estrada Da Fúria e Animais Fantásticos E Onde Habitam) e traz a popular história a partir da perspectiva feminina da personagem.

    Saiba porque você não pode perder High Fidelity:

    Um olhar diferente

    Cena da série High FidelityReprodução

    Na história, Zoë vive Rob Brooks, uma jovem que tem como paixões a música e a sua loja de discos localizada no Brooklyn. Obcecada por listas, ela decide ranquear os cinco términos mais dolorosos que teve ao longo da vida, incluindo o último - e mais intenso - com Mac McCormack (Kingsley Ben-Adir). Nessa visita ao passado, ela reavalia suas atitudes e busca entender o que aconteceu de errado para que todos os seus relacionamentos chegassem ao fim.

    Na série, um dos maiores acertos é abordar essa interessante história através do ponto de vista de uma mulher, levantando tópicos interessantes e nada estereotipados sobre como elas podem lidar com o fim de um relacionamento. A série não muda a perspectiva de autocrítica da personagem e nem a coloca como vítima da situação. Enquanto lida com seu sofrimento, ela faz a divertida quebra da quarta parede - feita também em Alta Fidelidade - e leva o público a entrar em sua mente para avaliar seus erros e acertos. 

    Embora High Fidelity traga esse novo olhar para a história original, sendo ainda muito fiel ao livro, ela faz questão de ambientar seus episódios nos tempos atuais, abordando o avanço das redes sociais, os astros da música pop e a diversidade sexual.

    Certamente são pontos assertivos para atrair o público mais jovem!

    Primeira adaptação

    Cena do filme High FidelityReprodução

    A premissa de High Fidelity já foi vista antes nas telonas no filme Alta Fidelidade, primeira adaptação da história de Nick Hornby lançada em 2000. É lá que vemos Robb, personagem vivido por John Cusack, que embarca nessa jornada de autoconhecimento para descobrir seu grande azar no amor. Sucesso de crítica e público, o filme entrou para a lista dos mais cultuados dos últimos 20 anos e marcou a carreira do ator americano.

    O livro homônimo escrito por Hornby em 1995 também ganhou grande destaque na época de seu lançamento e se tornou um romance marcante para uma geração. 

    Personagens cativantes

    Cena da série High FidelityReprodução

    Além de Rob, High Fidelity também apresenta outros personagens que vão ganhar o coração do público. Cherise (Da'Vine Joy Randolph) e Simon (David H. Holmes) são os dois melhores amigos da protagonista e também funcionários da loja de discos. É com eles que ela passa a maior parte do tempo discutindo sobre música, relacionamentos e questões da vida. 

    Cherise é espontânea e radical, daquelas que não levam desaforo para casa, mas ganha um lado sonhador que faz de sua personagem uma das mais cativantes da atração. Enquanto isso, Simon - que também integra o top 5 de Rob por um breve relacionamento no passado - é reservado e tímido, e ajuda sua amiga a manter mais o pé no chão em suas decisões.

    Clyde (Jake Lacy) é outro personagem que ganha grande destaque como um provável interesse amoroso de Rob e quem está sempre próximo para resolver algum problema causado por ela.

    Música para os ouvidos (literalmente)

    Cena da série High FidelityReprodução

    Claro que a música é também uma personagem importantíssima na atração e está presente o tempo inteiro. Grandes nomes como Nina Simone, Steve Wonder, Jimi Hendrix, Fleetwood Mac, David Bowie, Aretha FranklinBeastie Boys integram a trilha sonora exemplar da série - desenvolvida por Nathan Larson - e fazem parte também de uma playlist criada por Rob após a partida de Mac. 

    Os fãs de música vão se sentir ainda mais nostálgicos com os clássicos que fazem a cabeça da jovem ao longo dos episódios. 

    Produção

    High Fidelity foi escrita pelas roteiristas Veronica West e Sarah Kucserka e tem direção assinada por Jeffrey Reiner (7 episódios), Andrew DeYoung (1 episódio), Natasha Lyonne (1 episódio), Chioke Nassor (1 episódio) e Jesse Peretz (1 episódio).

    Além de protagonizar, Zoë Kravitz também atua como produtora executiva ao lado de West e Kucserka. Nick Hornby, o autor do romance, é também um dos produtores executivos da atração. A série chegou nos EUA pelo canal Hulu e aqui no Brasil está nos catálogos do Star+ e do Starzplay.

    Trailer oficial:

    Veja também: