cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    High Life: Sci-fi com Robert Pattinson chega ao streaming

    A ficção científica de Claire Denis é uma ótima pedida nas plataformas digitais
    Por Alexandre Dias
    03/08/2020

    High Life é um dos expoentes mais recentes do cinema de ficção científica "raíz", que agora chegou ao streaming. O longa de Claire Denis (Deixe A Luz Do Sol Entrar) de 2018 está disponível nos catálogos do NOW, Looke e Apple iTunes.

    A equipe por trás da produção carrega grandes expectativas por si só, como são os casos do estúdio A24 e o ator Robert Pattinson (The Batman). Juntando esses elementos em um sci-fi, não havia como não sair um belo filme, mas que mesmo assim consegue surpreender com a sua intensidade. 

    Vamos explorar um pouco mais sobre esses quesitos para você ir correndo assistir: 

    A24

    O estúdio abarca alguns filmes espetaculares, que normalmente possuem tons mais reflexivos e contemplativos. No entanto, a empresa não restringe os seus gêneros, que vão do terror psicológico de O Farol - que também conta com Pattinson - ao drama crítico de Moonlight - Sob A Luz Do Luar.

    A premissa pode ser claramente associada ao A24, pelo caráter claustrofóbico de um ambiente fechado e com debates humanos por meio das interações entre os personagens. Na trama, um grupo de criminosos participa de um experimento intergaláctico como compensação das suas penas. 

    O fato determinante da história é um acidente cósmico, porém as consequências entre a tripulação são muito mais essenciais para o objetivo final do longa, afinal, como as melhores ficções científicas provaram, as discussões sobre humanidade prevalecem. 

    Sci-fi

    High Life utiliza os clichês do gênero com muita sabedoria. A missão, por exemplo, está relacionada com a reprodução humana e de criminosos. É um conceito forte de diálogo sobre a vida e a sociedade, especialmente em um ponto crítico como o da narrativa. 

    Não à toa, a trama também parte para o estilo de sobrevivência, que gera perguntas diretas para os espectadores e os personagens características do sc-fi, como: por que vamos lutar para sobreviver? O que você significa para mim? O que eu estou fazendo aqui?

    Obviamente, para ser uma ficção científica de respeito o visual precisa contribuir e High Life faz isso brincando com as possibilidades fotográficas dentro da nave. Por ser uma coprodução de vários países - França, Reino Unido, Alemanha, Polônia e Estados Unidos - a visão menos "blockbuster" do tema auxilia essa opção. 

    Robert Pattinson

    O filme é mais um da lista do ator de "não é mais a estrela adolescente de Crepúsculo". Pattinson se testa mais a cada papel, já tendo passado pelo horror (O Farol), pós-apocalipse (The Rover: A Caçada), thriller urbano (Bom Comportamento) e épicos shakesperianos (O Rei).

    Contudo, High Life o coloca em uma posição não tão estranha. O filme explora o seu lado familiar paternal e em meio a diversos devaneios, como Bom Comportamento o fez com relação a um irmão e à sua identidade marginalizada.

    O resto do elenco termina por destacar a performance do ator e, é claro, do própria longa, pois as interações são o ponto alto. Com destaques para Juliette Binoche (Deixe A Luz Do Sol Entrar), André Benjamin (Quatro Irmãos) e Mia Goth (A Cura).

    Veja o trailer de High Life: