cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    História real por trás de O Albergue assusta mais que o próprio filme

    Terror de Eli Roth completa 15 anos e foi inspirado em algo chamado "férias de assassinato"
    Por Thamires Viana
    14/04/2021 - Atualizado há 26 dias

    Você deve se lembrar de O Albergue, terror dirigido por Eli Roth e produzido por Quentin Tarantino lançado em 2005. Sucesso de público e crítica, o longa completa 15 anos de estreia no Brasil nesta quarta-feira (14) e continua como um dos mais admirados do gênero.

    Com cenas intensas de tortura, o filme tem uma história completamente bizarra por trás de seu roteiro sangrento. Segundo Roth, que assinou o script, ele se inspirou em um site de "férias de assassinato", que consistia em pagar uma quantia e viajar até à Tailândia para matar alguém! Pois é!

    Relembre o filme e saiba mais sobre o caso real:

    O Albergue

    Cena de O AlbergueReprodução

    Indicado para maiores de 18 anos devido às cenas pesadas de pura tortura, O Albergue acompanha Josh (Derek Richardson) e Paxton (Jay Hernandez), dois melhores amigos que decidem fazer um mochilão pela Europa. Ao chegarem na Holanda, conhecem Oli (Eythor Gudjonsson), e, juntos, partem para a Eslováquia a fim de se divertirem em um albergue hospedado por muitas mulheres. Porém, o que eles encontram no lugar é um grupo de pessoas sádicas que farão dessa hospedagem um pesadelo interminável.

    O Albergue teve um roteiro estimado em US$ 5 milhões de dólares e somou mais de US$ 80 milhões nas bilheterias mundiais. O sucesso trouxe mais duas sequências, O Albergue 2 (2007) e O Albergue 3 (2011). 

    Férias de Assassinato

    Na época do lançamento de O Albergue, Eli Roth contou em entrevista ao Dread Central (via ScreenRant) que a ideia para o filme surgiu após a descoberta de um site bizarro da Tailândia. Segundo ele, existia um lugar no país onde você poderia pagar cerca de US$ 10 mil dólares para atirar na cabeça de alguém.

    "O site afirmava que a pessoa que você estava matando havia se inscrito para isso e que parte do dinheiro iria para a família dela, porque eles estavam tão falidos e iam morrer de qualquer maneira. Era para dar a você a emoção de pegar outra vida humana", contou o diretor. 

    Antes da ideia de fazer um longa de ficção, ele considerou a possibilidade de fazer um documentário assim que descobriu que o lugar realmente existia. No entanto, ele desistiu pois teria que se inscrever no site para ter mais informações e inserir o número de seu cartão de crédito. Por isso, ele achou melhor não seguir com o projeto pois seria arriscado demais deixar os criadores do site com seus dados pessoais! 

    Que medo, hein?

    Continua após o anúncio

    Mais curiosidades de O Albergue:

    Trailer oficial (maiores de 18 anos)

    Conteúdo Relacionado