cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Irmão de Edie Sedgwick fala sobre Bob Dylan

    Por Da Redação
    03/01/2007

    Recentemente, o cantor Bob Dylan acionou seus advogados para que impedissem legalmente a estréia do longa Factory Girl, em circuito restrito norte-americano na última sexta-feira (29). Isso por que o filme dá grande destaque ao romance que o cantor teve com Edie Sedgwick, uma das "queridinhas" de Andy Wahrol, e também sua responsabilidade na profunda depressão que atingiu a modelo e atriz, culminando com sua morte por overdose de heroína em 1971. Em Factory Girl, o personagem que corresponderia a Bob Dylan é Billy Quinn, interpretado por Hayden Christensen (Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith); Edie é interpretada por Sienna Miller (Alfie - O Sedutor). Mesmo assim, o enredo deixa evidente a verdadeira identidade do amante da modelo e Dylan afirma que o roteiro é difamatório, por isso a tentativa de impedir sua estréia nos EUA.

    No entanto, de acordo com o jornal The New York Times, o retrato traçado no filme dirigido por George Hickenlooper (Correndo Alto Risco) é verdadeiro. Pelo menos é o que afirma Jonathan Sedgwick, irmão mais novo de Edie, nos trechos do vídeo reproduzido em texto pelo jornal. "Uma dia, ela me ligou e disse que havia conhecido um cantor folk. Mais tarde, ela me disse que era Bob Dylan", conta Sedgwick. "Ela também alegava ter perdido um filho que seria de Dylan porque ela estava muito envolvida com drogas. Foi o pior momento em sua vida", lamenta o irmão.

    Sienna Miller, por sua vez, negou que o filme mostre Bob Dylan como o "vilão" causador da morte da protagonista: "Na verdade, Warhol foi o maior culpado, mas obviamente parece que é o personagem relacionado a Dylan. Sou a maior fã do Bob Dylan e estou aterrorizada por ele ter se ofendido com o filme", conta a atriz. "Edie precisava de ajuda e ninguém deu isso a ela, não é que Dylan a levou ao vício por heroína."

    Factory Girl deve estrear nos cinemas brasileiros em maio. Enquanto isso não acontece, assista ao trailer.