Jeffrey Epstein: Série investiga predador sexual alvo de Anonymous

Atração da Netflix revela detalhes do caso que durou mais de 20 anos e fez incontáveis vítimas

09/06/2020 14h30

Por Thamires Viana

Um dos assuntos mais comentados nas últimas semanas foi o retorno do Anonymous, um grupo de hackers que voltou à ativa após dois anos para "vazar" informações sigilosas sobre a vida de políticos e empresários conhecidos. Em poucas horas após o retorno eles divulgaram uma lista contendo nomes de famosos que teriam ligação com Jeffrey Epstein, milionário norte-americano que comandou um grande esquema de abuso sexual de menores.

Isso aumentou a busca pela série Jeffrey Epstein: Poder e Perversão, que chegou à Netflix expondo os detalhes do caso de abusos infantis que durou cerca de 24 anos. A atração reuniu pela primeira vez depoimentos chocantes das vítimas de Epstein, além de mostrar personalidades como Donald Trump, atual presidente dos EUA, príncipe Andrew, filho da rainha Elizabeth, o diretor Woody Allen e o ator Kevin Spacey ao lado do acusado.

Conheça mais sobre a série:

Quem é Jeffrey Epstein?

O financista iniciou sua carreira em Wall Street em meados dos anos 80 e fez fortuna ao abrir sua própria empresa na qual administrava recursos bilionários de seus clientes. Com o sucesso, Epstein se tornou amigo de grandes celebridades, incluindo empresários, políticos e atores que viajavam a bordo de seu jatinho particular, participavam de jantares e festas organizadas pelo empresário e, assustadoramente, de um esquema de pirâmide sexual comandado por ele.

Foi em 2005 que uma denúncia de abuso sexual colocou Epstein na mira do FBI: o pai de uma jovem de 14 anos alegava que a filha havia sido persuadida e abusada pelo financista. A partir daí centenas de outras acusações contra ele vieram à tona.

Abordagem da série

A produção documental tem quatro capítulos que exploram os detalhes do esquema comandado por Epstein. Por meio de depoimentos de vítimas e áudios do interrogatório do empresário, a atração já começa com um aviso de alerta sobre os conteúdos que serão apresentados a seguir e que podem ser gatilhos para algumas pessoas. 

Jeffrey Epstein: Poder e Perversão revela que o esquema funcionava como uma pirâmide na qual Epstein convidada menores de idade para sua casa e oferecia 200 dólares para que o abuso acontecesse. As jovens ainda recebiam outros 200 dólares para levaram uma colega até o local. Ghislane Maxwell, namorada de Epstein na época, é apontada como cúmplice da rede de liciamento. Os abusos aconteceram por mais de 20 anos e há um número incontável de vítimas.

A série também traz mais informações sobre a morte de Epstein que ainda é tida como suspeita pela família. Ele foi encontrado morto em agosto de 2019 por um possível enforcamento em sua cela. No entanto, legistam afirmam que a causa da morte não pode ser dada como suicídio devido a ferimentos encontrados no cadáver.

Onde ver

Jeffrey Epstein: Poder e Perversão é dirigida por Lisa Bryant e está disponível no catálogo da Netflix com 4 episódios de 1h cada. 

Veja o trailer:

Veja também: 

Confira seis séries documentais que abordam investigações

Dicas de séries para quem ama histórias complexas


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus