cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    John Cena dá show em 'Pacificador', série derivada de 'Esquadrão Suicida'

    Ex-lutador e ator já divertiu no filme do grupo de vilões e agora ganha série própria
    Por Daniel Reininger
    09/01/2022 - Atualizado há 15 dias

    Esquadrão Suicida de James Gunn, o diretor da surpresa Guardiões da Galáxia, finalmente estreou com a promessa de nos fazer esquecer do filme desastroso de 2016 e nos divertir com uma produção provocativa.

    E nada mais justo do que o ótimo John Cena levar seu personagem Pacificador a outro patamar numa série só sua, que promete ser uma das melhores produções da DC nas telas. 

    A trama explora as origens do Pacificador e também suas missões após os eventos de Esquadrão Suicida de 2021.

    John Cena

    Conhecido como um dos nomes mais famosos do WWE, o lutador já mostrou o seu carisma em longas como Bumblebee e Brincando Com Fogo e nos divertiu demais com seu personagem Pacificador no filme da DC dirigido por James Gunn.

    O personagem dele é o Pacificador (Peacemaker), uma mistura de Capitão América com Justiceiro. Se levarmos em conta a moral totalmente dúbia do personagem, a série tem potencial para seguir qualquer caminho e ainda fazer sentido.

    O derivado mostra exatamente a pessoa por trás do assassino de sangue frio vivido por Cena, mas faz isso de forma tão divertida, que é fácil esquecer de como ele é um babaca. 

    John Cena está muito bem no papel do anti-herói, que na verdade é tão violento que faz o mal ao tentar fazer a coisa certa. 

    Opinião

    Divertida, irreverente, com todo o clima de sátira e crítica de James Gunn (O Esquadrão Suicida), a série da HBO Max é um grande presente para os fãs dos quadrinhos.

    Com tom adulto, mas com foco na comédia e na ação, a mais nova criação de Gunn coloca um ser humano deplorável como protagonista e, mesmo assim, conseguimos nos importar com ele e com àqueles ao ser redor. 

    Essa é uma sátira muito bem construída sobre as produções de super-heróis, mas também é uma ótima história de super-herói por si só, capaz de entreter e divertir.

    Cena tem um grande senso de humor e aparentemente não tem vergonha ao interpretar um cara esquisito, cujo melhor amigo é uma águia. 

    Todo o elenco da série está muito bem, por sinal. Steve Agee (John Economos), Jennifer Holland (Emilia Harcourt), Danielle Brooks (Leota Adebayo), os agentes originais de Amanda Waller (Viola Davis), além de Chukwudi Iwuji, Robert Patrick e Freddie Stroma garantem personagens curiosos e entram na zuera ao lado de Cena.

    Gunn realmente faz todo o elenco abraçar o lado engraçado do programa já na abertura, com um grande número de dança ao som de "Do Ya Wanna Taste It" de Wig Wam. O amor de Gunn pela música está muito presente ao longo dos episódios, com uma trilha sonora dominada pelo rock e metal. 

    Pacificador não é tão bem escrita quanto The Boys, da Amazon, mas Gunn sabe bem como fazer uma história subversiva de super-herói, usando violência excessiva e humor ácido para desconstruir o gênero. 

    Os três capítulos de estreia são extremamente divertidos e a série como um todo funciona muito bem, com críticas a personagens como Justiceiro e a diversos elementos dos quadrinhos e também do extremismo da vida real.

    É um programa adulto, mas com bom humor capaz de melhorar o dia de qualquer um. 

    Imperdível

    Irreverente, a série da HBO Max é uma produção imperdível para quem gosta de super-herois. Com tom adulto e humir sagaz, Pacificador vai marcar seu lugar na história.

    A primeira temporada da série derivada estreia em 13 de janeiro de 2022 na HBO Max.

    Veja mais