cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Juiz arquiva processo contra Stan Lee e Marvel

    Por Da Redação
    06/04/2010

    A compra da Marvel pela Disney acarretou em insatisfação por parte de acionistas da Stan Lee Media. Tudo porque, em 1998, Stan Lee - criador das histórias em quadrinhos de Homem-Aranha, Quarteto Fantástico, X-Men, entre outros - transferiu os diretos dos personagens para a Marvel. Como a empresa foi vendida para a Disney, a Stan Lee Media perdeu os lucros sobre o uso de heróis tão famosos.

    No parecer do juiz Paul Crotty, um documento de 14 páginas, ele declarou: "É hora de dar um basta!". A conclusão de Crotty é que os acionistas José Abadin e Christopher Belland não podem pedir indenização, pois, quando adquiriram as ações na Stan Lee Media, em 1999, os direitos já pertenciam à Marvel.

    Além disso, Crotty considerou que os acionistas não podiam esperar uma década para mover a ação, aberta em 2009.

    A ação judicial pedia US$ 750 milhões, porque, segundo consta no processo, os acionistas da empresa se sentiram prejudicados com a fusão entre Disney e Marvel. As duas empresas se uniram em dezembro de 2009, após a Disney pagar mais de US$ 4 bilhões pela Marvel e seus mais de 5 mil personagens.