cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Lei Rouanet dá margem a calote milionário em 2010

    Ministério da Cultura não sabe dizer onde foram parar mais de R$ 38 milhões.
    Por Da Redação
    22/01/2011

    O Ministério da Cultura fechou o ano de 2010 sem conseguir explicar onde foram parar R$ 38.383.204,26. O valor foi captado por produtores culturais em todo o País, por meio da Lei Rouanet, portanto com isenção fiscal, mas ou foi aplicado de forma errada ou simplesmente não serviu para desenvolver projeto algum.

    O montante é mais ou menos o mesmo captado pelo produtor e ator Guilherme Fontes para seu filme Chatô - O Rei do Brasil – filme fantasma que virou folclore .

    Segundo a coluna Poder On Line, do IG, os técnicos em análise financeira do ministério, responsáveis por avaliar a prestação de contas das produções beneficiadas com a lei de fomento à cultura, reprovaram a prestação de contas de 134 projetos nos dois últimos anos, que somavam R$ 88.038.636,33 – mas, na prática, captaram apenas os R$ 38.383.204,26.

    Os motivos de reprovação das contas foram omissão ou despesas indevidas. Os processos estão agora com os órgãos fiscalizadores.