cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Mansão onde Charlie Chaplin morreu vai virar museu

    Artista fugiu para Suíça após ser perseguido nos EUA
    Por Cristina Tavelin
    10/05/2014

    Em 1977, Charlie Chaplin deixou a vida, mas também um enorme legado para a história do cinema. Agora, a mansão onde morreu, na Suiça, vai virar museu. Nada mais justo.

    De acordo com a BBC, o local no distrito de Vevey foi comprado por investidores, em 2008, e agora tem o apoio dos filhos do ator para virar um espaço de memória. Eugene Chaplin declarou: "Costumava jogar futebol com meu pai neste gramado. Era uma vida familiar muito boa".

    Chaplin, antes residente nos EUA, precisou fugir para a Suiça após ser acusado de comunista no auge da Guerra Fria. A ideia é deixar a mansão parecida com a época na qual a família viveu por lá. Além de ator, Chaplin também foi produtor e compositor, mas a fama veio de fato por meio de seu personagem Carlitos.

    Veja foto da mansão na Suiça que vai virar museu:

     

     

    Mansão Charlie Chaplin