cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Michael Moore escapa de processo judicial

    Por Da Redação
    28/12/2006

    Na última semana, o documentarista Michael Moore escapou de um processo judicial movido pelo veterano de guerra Peter Damon, que pedia ao cineasta uma indenização de US$ 85 milhões. Uma entrevista do Guarda Nacional de Massachusetts, que perdeu seus dois braços na Guerra do Iraque, é utilizada no documentário Fahrenheit 11 de Setembro (2004), dirigido por Moore. De acordo com Damon, o modo como Moore editou as imagens fazem parecer que ele é contrário à guerra, quando ele apenas está reclamando das dores que sentiu em função do acidente. Ele afirma que o filme lhe causou "perda de reputação, stress emocional, vergonha e humilhação pessoal".

    No entanto, o juiz Douglas Woodlock rejeitou o pedido de ação movido por Damon por não considerar seus argumentos válidos. Ao sair da corte de justiça, Damon disse: "Tentamos mover a ação não apenas para mostrar que Moore tem responsabilidade sobre isso, mas também para que todos saibam que eu não tenho as mesmas posições dele em relação à Guerra do Iraque e sobre o presidente (George W.) Bush."