Morre Joel Schumacher, diretor de Batman & Robin, Dia de Fúria e Garotos Perdidos

Seu último filme foi Reféns, thriller estrelado por Nicole Kidman e Nicolas Cage

22/06/2020 15h25

Por Daniel Reininger

O cineasta Joel Schumacher, famoso por dirigir os filmes Batman Eternamente (1995) e Batman & Robin (1997), morreu nesta segunda aos 80 anos, informou a Variety sem confirmar a causa da morte. Ele estava em uma longa batalha contra o câncer.

Nascido em Nova York, ele começou a carreira como figurinista antes de se tornar diretor. Nos anos 1980, fez filmes como O Primeiro Ano Do Resto De Nossas Vidas (1985) e Os Garotos Perdidos (1987).

Nos anos 90, fez o thriller de ação Um Dia De Fúria (1992), com Michael Douglas. O longa mostra como um homem aparentemente normal que entra numa onda de violência e resolve liberar sua raiva contra sociedade.

Após dirigir Batman, ele enfrentou muitas críticas. Em 2017, Schumacher chegou a pedir desculpas pelo filme do homem-morcego lançado em 1997 "Quero me desculpar com cada fã que ficou triste ou desapontado. Eu devo isso, pois era o único que queria fazer uma sequência, enquanto a Warner não estava confiante. Espero que ninguém tenha desistido do herói depois disso, eu sabia que a franquia era do Tim Burton, mas ele pessoalmente me pediu para fazer o filme", afirmou o cineasta em entrevista à Vice dos Estados Unidos.

Ele trabalhou até 2011. Seu último filme foi Reféns, thriller de sequestro estrelado por Nicole Kidman e Nicolas Cage. Na TV, também dirigiu dois episódios da primeira temporada de House of Cards, primeira produção original importante da Netflix.

 

Veja também: Top 6 - As melhores versões do Batman


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus