cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Morte de Ledger deverá favorecer O Cavaleiro das Trevas

    Por Da Redação
    28/03/2008

    Desde que começaram a surgir as primeiras imagens e vídeos de Batman - O Cavaleiro das Trevas se comenta sobre a atuação perturbadora de Heath Ledger no papel de Coringa. O ator transformou o vilão em um personagem perturbado e os produtores se utilizaram disso na divulgação antecipada do filme. Mas depois da morte de Ledger em janeiro por overdose acidental de remédios prescritos, o enfoque da personagem mudou. Agora, o Coringa é encarado não só como o inimigo de Batman no filme, ele é um os últimos trabalhos concluídos de Heath Ledger. Fãs e produtores acreditam que isso possa fazer com que o lançamento do filme seja muito mais aclamado.

    Batman - O Cavaleiro das Trevas já era uma das grandes produções hollywoodianas esperadas para este ano e após a morte do intérprete do vilão, mais pessoas irão aos cinemas conferir a obra. O fundador do site Batman-on-Film.com , Bill Ramey, disse que "mais pessoas irão ver o filme por conta da morte dele". Ramey ainda acrescentou: "Não há dúvidas de que algumas pessoas estarão apreensivas em ver o filme, porque pode haver um fator mórbido nisso tudo. Mas aposto que a maioria das pessoas hoje vê o filme como um tributo a Ledger, e a maior homenagem que você pode fazer a alguém é ir ver seu filme a apreciar sua performance", conclui.

    Comparado com James Dean, que teve um dos seus grandes sucessos - Juventude Transviada - lançado após o acidente de carro que o matou, é difícil achar alguém em Hollywood que acredite que a bilheteria de Batman seja prejudicada pela morte de Ledger. "O que foi negativo no passado, agora pode ser um fator positivo. Acho que houve uma inversão na cultura pop. Agora, a morte de um ator pode, de fato, favorecer as vendas de ingressos. O que seria um impedimento em 1935 agora não será um problema", conta Wes Gehring, professor universitário de cinema na Ball State University.

    O ator Christian Bale (Não Estou Lá), intérprete do homem-morcego, conta que até ele tem mais um motivo para assistir ao filme. "Não posso negar que aquilo [a morte] me impulsionou a assistir o filme agora. Não dá para evitar, mas tenho um sentimento diferente agora, especialmente porque ele era uma pessoa com quem eu estava em contato até recentemente e acredito que se tornaria meu amigo", falou. Já o diretor de Batman, Christopher Nolan afirmou que a atuação de Ledger no papel de Coringa fala por si só e espera que pensamentos mórbidos não apareçam na cabeça dos fãs durante o filme: "o que eu acho, vendo o filme, é que não estou vendo o ator, não estou vendo um amigo nem um colega de trabalho. Estou vendo o Coringa. Heath encarna o personagem e é um ícone extraordinário. Então, é fácil gostar do filme nesse nível, apenas como um grande trabalho de atuação", disse.

    Os projetos de divulgação de Batman - O Cavaleiro das Trevas não foram mudados e a estréia mundial do filme deve ocorrer dia 18 de julho.