cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Morte no Nilo: A nova adaptação de Agatha Christie com Gal Gadot

    Kenneth Branagh volta como diretor e ao papel de Hercule Poirot
    Por Da Redação
    30/07/2020 - Atualizado há cerca de 1 mês

    A lendária Agatha Christie voltará a marcar presença nas telonas em Morte No Nilo. Um dos principais personagens da saudosa autora britânica, Hercule Poirot, retornará às telinhas após ter ressurgido em 2017. 

    Ele esteve no reboot de Assassinato No Expresso Oriente, que rendeu mais de US$ 352 milhões no mundo inteiro. Com o sucesso, mais uma adaptação da leva de histórias de mistério de Christie foi confirmada praticamente logo seguida do lançamento. 

    Para aquecer a sua empolgação, vamos falar de tudo sobre o livro e o próximo longa do universo cinematográfico da escritora: 

    Cena de Morte no NiloDivulgação

    Trama

    A obra de Christie foi publicada pela primeira vez em 1937. O lançamento do livro aconteceu 17 anos após a primeira aparição de Poirot, que nasceu em O Misterioso Caso de Styles, em 1920. 

    Conhecido pela sagacidade e excentricidade, o trabalho dele em Morte no Nilo é solucionar um assassinato ocorrido dentro de um cruzeiro; como o título diz, o veículo marítimo transita pelo rio localizado no Egito. Em termos de estrutura, o enredo é muito parecido com Assassinato No Expresso Oriente pelo foco em um ambiente fechado e diversos suspeitos. 

    A vítima é Linnet, uma rica e jovem herdeira, condição que obviamente desperta várias suspeitas sobre os outros passageiros. Ela estava no cruzeiro em lua de mel, com um rapaz que era noivo de sua melhor amiga. 

    Gal Gadot é Linnet em Morte no NiloDivulgação

    Primeira adaptação

    Assim como a história de investigação no trem, Morte no Nilo também já tem uma adaptação nas costas. O longa em questão ganhou o título de Morte Sobre o Nilo no Brasil e foi lançado em 1978, quatro anos depois de Assassinato no Expresso Oriente, de Sidney Lumet (Um Dia De Cão).

    Quem dirigiu o filme foi John Guillermin, cineasta conhecido por ter comandado a popular versão de 1976 de King Kong e Inferno na Torre, com o estelar elenco composto por Steve McQueen, Paul Newman e Faye Dunaway. A produção fez menos barulho que a sua antecessora, mais bem-sucedida financeiramente. 

    Além disso, Albert Finney (007 - Operação Skyfall) não voltou para o papel de Poirot. A interpretação do detetive ficou a cargo de Peter Ustinov, o Batiatus de Spartacus. 

    Elenco e bastidores

    Kenneth Branagh (Artemis Fowl - O Mundo Secreto) é o principal nome à frente das novas adaptações da obra de Christie. Ele volta tanto como diretor como ao papel de Hercule no vindouro longa. O roteirista do primeiro filme, Michael Green, também retorna à função.

    Quem vive Linnet na história é Gal Gadot, a Mulher-Maravilha dos cinemas. Outros nomes no time de atores são: Armie Hammer (Me Chame Pelo Seu Nome), Rose Leslie (Game of Thrones), Annette Bening (Capitã Marvel), Letitia Wright (Vingadores - Ultimato) e Russell Brand (Minions 2 - A Origem De Gru).

    Cena do detetive Poirot em Morte no NiloDivulgação

    Declarações

    Sobre o projeto, Brannagh declarou em entrevista ao podcast The Fourth Wall (via Den of Geek): 

    "Agatha Christie realmente acreditava no que ela escrevia. Acho que nasceu de uma experiência pessoal de estar em um relacionamento amoroso conturbado. Ela diz na introdução da versão de bolso que acredita haver algo de vida [na história] e realmente há. Acho que é universal, o reconhecimento de alguém que estava perigosamente apaixonado ou como Poirot diz no livro, em qualquer relacionamento, há sempre aquele que ama demais e pode se machucar terrivelmente."

    O cineasta completa: "Amor, como ele diz, não é seguro e certamente também não é nessa versão. Michael Green realmente explorou a conexão com o personagem. Saindo do tratamento pessoal de Agatha Christie, a abordagem dele [Green] do que Poirot se depara na trama e depois o poder e a sensualidade da luxúria e do amor no seu decorrer é muito forte. É um filme muito sombrio, sexy e inquietante."

    Cena de Morte no NiloDivulgação

    Lançamento

    Originalmente o filme foi programado para estrear em 2019, porém as filmagens foram adiadas. Com o agravamento da pandemia de coronavírus, novos adiamentos aumentaram a ansiedade do público sobre o lançamento que finalmente, está programado para acontecer em fevereiro de 2022.

    Confira o Trailer do filme aqui:

    Veja também