cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Motivos para ver La Révolution, série sobre a Revolução Francesa

    A produção da Netflix faz uma releitura do evento francês histórico
    Por Alexandre Dias
    26/10/2020

    La Révolution, chegou há poucos dias na Netflix, mas está fazendo barulho entre os fãs. A série original da plataforma de streaming faz uma releitura de um dos grandes eventos da humanidade: a Revolução Francesa. 

    Na trama, a batalha entre aristocratas e plebeus tem um ponto de partida diferente. O inventor da guilhotina espalhou uma doença pela França, o que faz os burgueses perseguirem os menos favorecidos. 

    A produção conta com nomes no elenco como Coline Beal (Estranhos em Casa), Amir El Kacem (A Escalada), Lionel Erdogan (Grace de Mônaco) e Julien Frison (Amante Por Um Dia).

    Confira três motivos para ver a série francesa: 

    Ficção histórica

    Filmes e séries que abordam acontecimentos reais da humanidade, mas sob perspectivas diferentes, são muito interessantes. Bastardos Inglórios, por exemplo, trata da Segunda Guerra Mundial, mas pelo olhar caricato de Quentin Tarantino

    O mesmo acontece em La Révolution. Enquanto os ideais iluministas sobre liberdade e a desigualdade são temas discutidos, há também uma investigação sobre a doença presente na história. Isso torna a trama imprevisível e, consequentemente, cativante. 

    Visual espetacular

    Até mesmo o trailer de La Révolution é de deixar qualquer espectador de queixo caído. A diferença visual entre as classes sociais é muito explorada e movimenta a trama apenas pelas imagens. 

    Além disso, a série também não poupa nas explosões e nas cenas de ação. Inclusive, mais do que ser apenas um banho de sangue para chocar o público, a violência presente na trama também traz dramaticidade à produção.

    Maratona e produção

    Outra prova de que a ficção histórica é bem utilizada é a estrutura dos episódios. A primeira temporada tem oito capítulos que duram, em sua maioria, entre 40 e 50 minutos. 

    Portanto, é uma série digna de maratona e fácil de assistir. Não estamos falando de uma produção didática, mas sim de uma narrativa empolgante e repleta de tensão, que traz o melhor do mundo real e o da ficção. 

    Veja o trailer da série: