cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Motivos para ver Quarto 212, comédia francesa sobre fidelidade

    O longa com Chiara Mastroianni chega aos cinemas nesta quinta
    Por Daniel Reininger
    11/11/2020

    O novo filme francês Quarto 212 usa o surreal para discutir as relações extra-conjugais. O longe é uma comédia leve, mas com desenvolvimento profunndo das personagens e momentos capazes de gerar grande reflexão. Confira motivos para ver esse longa da Imovision no cinema: 

    Trama

    O casal abordado no filme é Richard e Maria, que estão juntos há mais de 20 anos. No entanto, quem guia a narrativa é Maria, pois ela se diverte tendo casos com homens mais jovens, enquanto Richard segue fiel, até o dia em que ele descobre as traições. Para entender o comprometimento do marido, ela se muda para um quarto de hotel - que dá nome ao título - na frente de sua casa e, portanto, se torna uma observadora sigilosa do próprio companheiro. 

    Surrealismo

    Um dos pontos mais interessantes da trama é a autorreflexão da personagem principal sobre os seus atos, que envolve uma espécie de devaneio. O motivo? Ela conversa com a versão jovem de Richard no Quarto 212. É dessa forma que o didatismo é colocado no filme, mas não o trava, afinal, Maria segue debatendo consigo mesma o significado das suas atitudes e as de Richard. 

    Festival de Cannes

    Maria é interpretada por Chiara Mastroianni (Persépolis) e a versão mais velha de Richard por Benjamin Biolay (Personal Shopper). O ator que o vive mais novo é Vincent Lacoste (Conquistar, Amar E Viver Intensamente).

    Diretor

    A direção e o roteiro de Quarto 212 são de Christophe Honoré, também de Conquistar, Amar E Viver Intensamente. Tanto o cineasta como a atriz principal deram o que falar no Festival de Cannes em 2019; Mastroianni venceu o prêmio de Melhor Atriz na mostra Um Certo Olhar e o longa em si foi indicado para o prêmio de Melhor Filme nesse mesmo seguimento da competição, que terminou por ficar com o brasileiro A Vida Invisível.  

    Personagens cativantes

    Os protagonistas são interessantes, mas todo o elenco traz algo ao filme. Bem desenvolvidos, os personagens discutem escolhas da vida, pensam em como tudo seria se seguissem outros caminhos e refletem sobre o momento em que estão na vida. Impactante e cheio de coração.

    Confira o trailer do longa: