cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Nunca viu Pulp Fiction? Entenda o porquê do filme de Tarantino ser tão aclamado

    Não é à toa que o longa foi um marco na carreira do diretor
    Por Duda Smilari
    18/02/2021 - Atualizado há 3 meses

    Pulp Fiction é uma das maiores referências de Quentin Tarantino, cineasta conhecido por abordar de forma explícita cenas violentas e usar roteiros conduzidos por um humor sarcástico com diálogos de arrepiar, como em Cães de Aluguel e Os Oito Odiados.

    Pulp Fiction, porém, tem algo especial entre suas obras, e é por isso que foi tão aclamado pela crítica e pelo público. O longa traz uma narrativa que, na década de 90, foi inovadora para o gênero policial. Isso porque a história é contada de uma maneira não linear, exibindo o universo violento de gangsters combinado com humor, ironia e longos diálogos sobre coisas corriqueiras. Mas em que o longa inovou?

    Estrutura do enredo

    Cena de Pulp Fiction Reprodução

    Como dito anteriormente, Pulp Fiction traz um enredo não linear, com diversas histórias interligadas. A estrutura inicial é representada pelo assalto a um restaurante, quando os ladrões Pumpkin (Tim Roth) e Honey Bunny (Amanda Plummer) sacam as armas para encarar os mais habilidosos assassinos profissionais: Vincent Vega (John Travolta) e Jules (Samuel L. Jackson).

    A questão genial e inovadora desse roteiro é que Tarantino traz várias probabilidades para história, e vemos um compilado de três diferentes narrativas com possíveis mortes para o assassino Jules no restaurante, algo que foge do conceito linear visto em histórias do gênero policial.

    Além disso, a partir desse filme, podemos ver em futuros filmes do diretor como Bastardos Inglórios e Django Livre uma linguagem muito singular de Tarantino, com uma estrutura de roteiro com referências a cultura pop e alguns diálogos longos e filosóficos.

    Aprofundamento nos personagens

    Cena de Pulp Fiction Reprodução

    O cineasta traz uma imersão considerável em cada personagem do filme, principalmente em Jules e Vincent Vega. Em uma cena no carro, enquanto Vincent conta uma história de sua vida em Amsterdã, temos um tempo prolongado na conversa entre os assassinos profissionais, dando ao espectador uma visão humanizada sobre cada personagem e as perspectivas individuais de seus pensamentos.

    Continua após o anúncio

    Cenas impactantes

    Cena de Pulp Fiction Reprodução

    Com certeza uma das cenas mais impactantes do cinema é quando a personagem Mia (Uma Thurman), perigosa mulher de Marsellus Wallace, acaba tomando uma overdose de heroína, durante uma discussão com o marido. A cena ficou marcada nas telonas, mostrando o que Tarantino é capaz de realizar em um ato de genialidade. 

    Referências culturais

    Pulp Fiction Divulgação

    A maior referência presente no filme de Tarantino está nas revistas de ficção pulp, muito comuns nos anos 40 nos Estados Unidos. Essa literatura era feita de maneira bastante singular, com papel de má qualidade e temática assustadora. Também trazia na capa, desenhos apelativos e chocantes com o intuito de entreter a massa trabalhadora. 

    Com certeza Pulp Fiction é um filme que não se deve deixar de ver. Além desses itens listados, você irá sentir na pele cada momento surpreendente dessa obra-prima.

    Trailer oficial Pulp Fiction