cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    O Homem de Aço: Quadrinista de Superman comenta o filme e final polêmico

    Autor de Superman questiona a sede de sangue do público de quadrinhos atual
    Por Daniel Reininger
    31/07/2013

    O quadrinista Grant Morrison resolveu comentar o filme O Homem de Aço durante uma entrevista ao jornal USA Today.

    Como o filme ainda está em cartaz, cuidado com possíveis spoilers:

    O autor responsável por HQs de Superman, Batman e Liga da Justiça, não ficou impressionado com o longa: "Eu meio que gostei, e meio que não gostei, pra ser honesto. Senti que é um desses filmes em que a gente fala 'ok, traga logo a continuação agora que já fizeram esse', e eu não preciso disso, conheço bem o personagem".

    Ele também comentou sobre o fato do Superman matar o vilão do filme: "Para mim, [o filme] foi um grande 'já vi isso antes', por mais que eles tenham tornado tudo um pouco diferente. Agora espero a versão Cavaleiro das Trevas do Superman, em que torço para que Lex Luthor apareça. É um Superman crível, por enquanto, mas quanto ao lance de matar já não tenho tanta certeza...".

    "Não quero soar como um saudosista da Era de Prata [HQs americanas dos anos 1950], mas tenho notado muita gente dizendo que Batman deveria matar o Coringa e que o Superman deveria fazer o mesmo com seus inimigos e tomar para si as decisões morais difíceis que todos nós temos que fazer diariamente. Não sei você, mas a última decisão moral que tomei não envolvia matar ninguém. Na verdade, quanto mais você pensa sobre o assunto, a não ser que você seja parte das Forças Armadas, matar é ilegal e imoral. Por que nós desejaríamos que os nossos super-heróis fizessem isso?".

    Ele encerra a entrevista com a seguinte pergunta: "Que sede de sangue bizarra é essa em ver nossos super-heróis matando os vilões?".

    O Homem de Aço está em cartaz e tem dividido opiniões de fãs dos quadrinhos e de amantes do cinema. Leia nossa crítica e saiba mais sobre o longa.