cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    O livro Chocolate é melhor que o filme

    Por Da Redação
    15/03/2001

    O filme Chocolate, que está cartaz no Brasil e foi indicado para cinco Oscars, entre eles o de melhor roteiro adaptado, é baseado no romance homônimo da escritora inglesa Joanne Harris. E quem o leu garante: o filme é bom, mas não chega aos pés do livro.

    Chocolate, publicado no Brasil pela editora Record, conta uma história repleta de imaginação que mistura romance, traições e muita magia. Na trama do livro, Vianne é uma mãe solteira que vai parar num vilarejo adormecido no interior da França. Porque se recusa a se dobrar às convenções sociais, Vianne desperta a cólera do padre local, Francis Reynaud (no filme, esse papel é transferido para o prefeito). E porque é livre, incita a inveja de alguns habitantes locais.

    Vianne abre uma chocolateria no centro do povoado e consegue conquistar, pouco a pouco, os moradores de Lansquenet-sur-Tannes, como Guillaume, um solteirão melancólico cujo maior amigo é um cachorro, ou Armande, uma espevitada senhora de 80 anos que é impedida pela filha a ver seu único neto.

    Um truque bem-sucedido usado por Joanne Harris é contar a história segundo dois pontos de vista distintos: o de Vianne e o de Reynaud. Isso faz com que os leitores não descubram o destino dos personagens até quase o final da história.