cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    A série Os Simpsons é o nosso oráculo moderno?

    Por que estamos há mais de 30 anos assistindo à animação?
    Por Da Redação
    09/03/2021 - Atualizado há 3 meses

    Nas últimas três décadas, Os Simpsons nos proporcionaram horas e mais horas de risadas e alguns vislumbres do futuro, como a presidência de Donald Trump, Lady Gaga no Superbowl, a pandemia de ebola e até mesmo os populares smartphones.

    Mas será que essas previsões têm algo a ver com o sucesso e a estabilidade que a família amarela conquistou no decorrer dos anos? Veja:

    Quais as principais previsões que Os Simpsons fizeram que se concretizaram?

    Trump como presidente

    Em uma entrevista à BBC, alguns roteiristas dos Simpsons falaram um pouco sobre como funciona o processo criativo por trás do roteiro de cada episódio. Um pouco da realidade com uma pitada de humor satírico e temos, por exemplo, e temos Trump na presidência em um episódio de 2000. Isso mesmo, cerca de 17 anos antes de Trump ser eleito.

    De acordo com Al Jean, ex-roteirista da série, em 2000, ele e seus colegas procuravam por uma celebridade engraçada para colocá-la como presidente dos EUA. E por incrível que pareça, não era tão improvável, pois o próprio Trump já havia dito na época que um dia poderia vir a concorrer a um cargo eletivo.

    Lady Gaga no Super Bowl

    Ainda de acordo com Al Jean, a equipe de roteiristas da série é composta por “futurologistas”. Na hora de escrever os episódios, eles sempre tentam adivinhar o que acontecerá pelo menos nos próximos 10 meses.

    São quase sete centenas de episódios e inúmeros enredos sobre o futuro. Al Jean diz que são tantas previsões em cada capítulo, mas a média de acertos é de 10%. A marca de mais de 800 convidados especiais — de Paul McCartney a Stephen Hawking  — também contribui para que as teorias se concretizem.

    Uma das previsões que se realizaram mais amadas pelos fãs foi a apresentação de Lady Gaga no intervalo do Super Bowl, em 2017. Cinco anos antes, em 2012, Os Simpsons já havia colocado a cantora no espetáculo de um dos maiores eventos esportivos do mundo.

    O acidente de Neymar, Brasil perdendo a Copa do Mundo e a nota de 200 reais

    Não é apenas dentro da cultura norte-americana que Os Simpsons acerta em suas previsões. Parece que os roteiristas também ficam ligados sobre as questões políticas, sociais e culturais que ficam em evidência na mídia de outros países. Muitos episódios especiais (e super polêmicos) da animação de Matt Groenning acontecem em outros países e geram o que falar.

    O episódio “O Feitiço da Lisa”, de 2002, mostra uma visão “ultra realista” do Rio de Janeiro, mostrando a violência, a sexualidade e a corrupção de forma tão explícita que a própria prefeitura da cidade ameaçou processar os produtores da série.

    Em sua segunda viagem ao Brasil, Homer se torna árbitro da Copa do Mundo, em um episódio de 2014. Desta vez, os roteiristas decidiram pegar um pouco mais leve e abordaram apenas a questão da corrupção no futebol (que acontece supostamente por trás dos jogos), fazendo Homer passar por algumas tentativas de suborno. Em uma das cenas, os criminosos mostram uma mala cheia de notas de R$ 200,00 a Homer.

    Neste mesmo episódio, o personagem El Divo — o principal atacante da seleção brasileira —, retratado como Neymar, sofre uma lesão e é retirado do jogo. O jogador Neymar sofreu uma lesão na vida real e não pôde participar da semifinal. A terceira previsão é a eliminação do Brasil pela Alemanha. Com exceção do placar, Os Simpsons acertaram os pontos mais importantes da Copa do Mundo para os brasileiros.

    Donald Trump em Episódio The SimpsonsReprodução
    Continua após o anúncio

    Por que Os Simpsons acertam tanto em suas previsões?

    A série animada de Matt Groenning tem a vida real do norte-americano de classe média baixa como a principal inspiração para grande parte dos acontecimentos. Embora a história não seja linear e os personagens não envelheçam, há muitos elementos em Os Simpsons que fazem referência à vida comum.

    Para começar, o próprio sobrenome Simpson é considerado muito popular nos EUA, como Silva aqui no Brasil, por exemplo. Além disso, há inúmeras Springfields espalhadas pelos EUA, o que dá a entender que tudo que acontece no universo dos Simpsons poderia estar acontecendo em qualquer lugar e com qualquer pessoa.

    Com as suas 32 temporadas e 697 episódios, Os Simpsons estão no ar desde 1989. E não é de se admirar que praticamente tudo já tenha acontecido nestes quase 700 capítulos, que foram escritos por cerca de 135 escritores diferentes.

    Para que você tenha uma ideia, além dos roteiristas principais, como Mike Scully, James L. Brooks, Al Jean, Sam Simon e Matt Groenning, grandes nomes da indústria do entretenimento já colaboraram com as histórias de Os Simpsons, como Seth Rogen e Evan Goldberg, Judd Apatow, Ricky Gervais e até mesmo o apresentador Conan O’Brien

    Sendo assim, uma das razões pelas quais a série faz tantas “previsões” é a probabilidade. O grande número de episódios que tentam imitar a vida real até mesmo em seus absurdos, somada à criatividade das grandes mentes por trás dos roteiros resulta em um imenso repertório de fatos possíveis.

    Por que estamos assistindo Os Simpsons há mais de 30 anos?

    Os Simpsons é a série que está há mais tempo no ar em toda a história da televisão, mas o fato mais impressionante é a consistência e a tradicionalidade que os produtores mantêm ao longo das décadas.

    Para que você tenha uma ideia, sempre que algo acontece e um dublador não pode mais trabalhar na série, ao invés de substituí-lo, o personagem é removido da produção, como aconteceu com a professora Edna Krabappel quando a dubladora Marcia Wallace faleceu em 2013. O mesmo aconteceu com os personagens Troy McClure e Lionel Hutz, que foram  retirados da série — apesar de sua popularidade — após a trágica morte de Phil Hartman.

    Outro ponto interessante é a forma como os episódios de Os Simpsons são criados, dentro de um ambiente cômico, lúdico e com total liberdade criativa. Na entrevista à BBC, o falecido roteirista Al Jean (2015) disse que quando 10 ou 20 pessoas engraçadas se juntam em uma sala para falar sobre quaisquer temas variados, desde pautas que estão em alta na mídia a simples questões cotidianas da vida, é natural que surjam coisas engraçadas.

    Ao que tudo indica, Os Simpsons deve continuar no ar por bastante tempo, já que a Disney recentemente confirmou a renovação do contrato para mais duas temporadas. Felizmente, o público poderá continuar acompanhando as previsões da família amarela mais famosa da televisão para o mundo real pelos próximos anos.

    Você assiste Os Simpsons há bastante tempo? Quais foram as referências que a série fez à realidade mais interessantes que você já notou? Acredita que muitas previsões ainda devem se concretizar? Conte pra gente deixando um comentário nas redes sociais!