cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    OSCAR 2008: Filme de Ang Lee é recusado

    Por Da Redação
    16/11/2007

    O longa-metragem de Ang Lee, Lust Caution, foi desclassificado pela Academia ao tentar ocupar uma das vagas ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, apesar de ter sido submetido como candidato oficial de Taiwan.

    A explicação dada foi que não ficou comprovado que o controle artístico do filme tenha sido feito por talentos criativos nascidos em Taiwan. Por esse motivo, Lust Caution foi obrigado a ser substituído por Island Etude.

    A partir disso, criou-se uma polêmica em torno das regras criadas pela Academia ao selecionar os indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Muitos acreditam que as mesmas precisam ser revistas.

    Diversos títulos renomados ficaram de fora. È o caso de O Escafandro e a Borboleta, filme francês de Julian Schnabel, que ganhou o prêmio de Melhor Direção em Cannes. O longa ficou de fora, pois, como a Academia só permite uma indicação por país, a França optou em enviar a animação Persepolis.

    Outro filme que ficou de fora da competição foi o israelense The Band's Visit. O motivo foi que havia diálogos excessivos em inglês. No caso, a regra diz que é necessário ter mais da metade do filme falado em uma língua estrangeira, ou seja, que não seja o inglês. No lugar do selecionado, Israel enviou Beaufort.

    Algumas regras da Academia já foram modificadas. Antes, não era permitido indicar um filme que não fosse falado no idioma de seu país. The Warrior (2001), é uma produção britânica que foi recusada por ser falada em hindi. Outro prejudicado foi Caché (2005), dirigido por um austríaco, mas falado em francês.