Outubro Rosa: como o cinema retrata a importância e a conscientização do assunto

O mês é marcado pela campanha de conscientização de prevenção do câncer de mama

15/10/2020 10h00

Por Thamires Viana

Já chegamos na metade de outubro, mês que traz a celebração do Halloween, mas que também é marcado mundialmente como um mês de ações voltadas à prevenção do câncer de mama. O Outubro Rosa se tornou uma campanha fundamental para conscientizar mulheres ao redor do mundo sobre a importância do autoexame e do diagnóstico precoce, este o maior aliado para o tratamento eficaz da doença. 

De acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS), são 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano. Devido ao alto número de mortalidade, a campanha anual vem sendo cada vez mais importante para alertar as mulheres sobre esse cuidado com a saúde. 

No cinema 

Não é novidade para ninguém que o cinema tem o dom de entreter o público, mas também é usado como forma de informar e conscientizar seus espectadores sobre assuntos importantes. Nas telonas, filmes e documentários renomados retratam - em primeiro ou segundo plano - os dilemas de mulheres que enfretam a doença e auxiliam na disseminação de informações sobre a importância da prevenção. 

Títulos que abordam o câncer de mama:

Já Estou Com Saudades 

Cena do filme Já estou com saudades

Trazendo uma linda e emocionante amizade, o longa estrelado por Toni Collete e Drew Barrymore retrata a história de Jess e Milly, melhores amigas desde a infância. Enquanto Milly se casou, teve dois filhos e construiu uma carreira de sucesso, Jess decidiu levar uma vida pacata ao lado do marido. Após se submeter a um tratamento, Jess enfim consegue engravidar. Mas a notícia vem justamente quando Milly descobre ter câncer de mama e precisa passar por quimioterapia, o que necessitará do apoio não apenas da amiga, mas de toda a família. 

Ma Ma 

Cena do filme Ma Ma


No longa lançado em 2015 e estrelado por Penélope Cruz, conhecemos a tocante história de Magda, uma mulher que é diagnosticada com câncer de mama em estágio 3. Prestes a iniciar seu tratamento e lutar contra a doença, ela descobre que está grávida de uma menina, um dos grandes sonhos de sua vida. Ao lado do marido e do filho primogênito, Magda acredita que a filha é um sinal de esperança e cura para a doença.

Aquarius 

Cena do filme Aquarius


Lançado em 2016, o filme dirigido por Kleber Mendonça Filho retrata a doença em segundo plano, trazendo em Clara, personagem de Sônia Braga, a força de uma mulher que enfrentou o câncer, mas ainda lida com as cicatrizes da mastectomia, cirurgia para a extração da mama. Na trama, a jornalista e crítica musical vive sozinha num apartamento à beira-mar do prédio Aquarius. Foi naquela casa que teve as melhores lembranças de sua vida, criou seus três filhos, hoje já adultos, e superou o câncer de mama.

Mulheres de Peito

Cena do documentário Mulheres de Peito


O documentário brasileiro foi inspirado no livro Força na Peruca - Tragédias e Comédias de um Câncer, escrito por Mirela Janotti em 2012. Com muita levaza, ela conta sua história de superação do câncer de mama. Foi a partir dele que a diretora Paula Galacini produziu o documentário para trazer o relato de outras mulheres sobre a doença com o objetivo de levar essa mensagem de superação a tantas outras mulheres que passaram por isso.

Lado a Lado

Cena do filme Lado a Lado


Em um dos filmes mais marcantes da carreira de Julia Roberts e de Susan Sarandon, conhecemos o drama de Jackie, uma mulher divorciada que faz o tipo mãe em tempo integral dos dois filhos. Quando ela é diagnosticada com câncer de mama, se une à Isabel Kelly, uma fotógrafa bem sucedida e a nova esposa de seu ex-marido. Juntas, elas deixam os conflitos de lado e trocam experiências sobre a criação das crianças e o enfrentamento da doença de Jackie. 

De Volta às Quadras

Cena do filme De Volta às Quadras

De forma divertida, o longa que traz Brookie Shields no elenco acompanha um grupo de mulheres que aceita o desafio de retornar à antiga equipe de basquete do colégio para competir com as atuais vencedoras do esporte. Os treinos intensos aproximam essas amigas que têm como objetivo ganhar o prêmio para ajudar uma instituição que luta contra o câncer de mama.

Na vida real

Não é só na ficção que atrizes renomadas enfrentam ou já enfrentaram a doença. Muitas passaram por esse momento difícil na vida real e usaram a luta para se posicionaram sobre o assunto em entrevistas e campanhas de conscientização para alertar outras mulheres. 

Olivia Newton-John, atriz de Grease - Nos Tempos Da Brilhantina, luta há 28 anos contra o câncer de mama. Em agosto deste ano, ela revelou em entrevista ao jornal The Sun que a doença está em estágio 4, mas que seguirá lutando bravamente e que essa é uma batalha repleta de aprendizados. A atriz também aconselhou outras mulheres a realizarem a prevenção. "É importante fazer um autoexame por mês para perceber alguma mudança ou nódulos. A detecção precoce é sempre melhor", disse ela à publicação.

Já a atriz Angelina Jolie não enfrentou a doença, mas em 2013 se submeteu a uma mastectomia dupla para a retirada das duas mamas. Ela revelou que optou pela cirurgia após um exame constatar que ela tinha cerca de 87% de chances de ter câncer de mama e que temeu sofrer da doença após perder a mãe, a avó e a tia. Em 2015, Jolie também retirou as trompas e os ovários após saber que tinha 50% de chances de evoluir a doença nesses órgãos.

Veja atrizes que enfretaram e venceram a doença:

Jane Fonda

A atriz Jane Fonda

A atriz teve um tumor detectado durante um exame preventivo em 2010. No entanto, os médicos afirmaram que o câncer estava em estágio inicial e a atriz precisou fazer uma cirurgia para a retirada. Não foi preciso fazer quimioterapia ou radioterapia.




 

Kathy Bates

A atriz Kathy Bates


Kathy recebeu o diangóstico da doença em 2012 quando já estava progredido para o estágio 2. No tratamento, ela optou pela mastectomia dupla. A atriz também já havia enfrentado um câncer de ovário em 2003, mas não tornou pública a sua luta contra a doença na época.



 

Patrícia Pillar

A atriz Patrícia Pillar


Em 2002, atriz brasileira enfrentou um tipo raro de câncer de mama chamado de doença de Paget. Patrícia passou por uma cirurgia para a retirada do tumor e fez quimioterapia.



 

Cynthia Nixon

A atriz Cynthia Nixon


Diagnosticada com um tumor no seio direito em 2006, a atriz de Sex and the City foi submetida a uma cirurgia e a sessões de radioterapia para curar a doença.




Arlete Salles

A atriz Arlete Salles

 

Arlete foi diagnosticada em 2014 aos 72 anos de idade. Ela passou por uma cirurgia para a retirada do tumor no seio esquerdo e também por sessões de quimioterapia e radioterapia.

 

 

 

 

  

Outubro no Cineclick

Aqui no Cineclick o mês de outubro vem sendo dedicado às mulheres que fazem parte da indústria cinematográfica, sejam elas atrizes, diretoras ou roteiristas. Nos links abaixo você confere as matérias especiais que já foram produzidas apresentando os trabalhos memoráveis desses grandes nomes do cinema.

Fique ligado no site para conferir as matérias que ainda vêm por aí!

Especial Mulheres na Direção: conheça a carreira de Anna Muylaert

Especial Mulheres na Direção: conheça a carreira de Laís Bodanzky

Os melhores filmes de Viola Davis

Os melhores filmes de Meryl Steep

Os melhores filmes de Angelina Jolie


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus