cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Pandemias de zumbis são metáforas para questões humanas

    Descubra como a ficção trata pandemias envolvendo zumbis
    Por Daniel Reininger
    22/03/2020 - Atualizado há 2 meses

    O Coronavírus deixou todo mundo apreensivo e o cinema e a TV se tornam fuga não só para diversão, quanto para informação. São produzidas muitas tramas sobre vírus e pandemias, que podem servir como uma maneira das pessoas processarem a situação, mas obras de ficcão devem ser entendidos como fantasia. E quer mais fantasia do que zumbis?

    Filmes e séries realmente extrapolam de vez o assunto pandemias quando envolvem os mortos vivos, como como Zumbilândia (2009), Extermínio (2003), Madrugada Dos Mortos (2004), Guerra Mundial Z (2013), Eu Sou A Lenda (2007), The Walking Dead e o filme coreano que se passa num trem e virou sucesso mundial: Invasão Zumbi (2016). Nesses longas, vírus transformam a maior parte da população em seres famintos comedores de cérebro e nada pode pará-los. 

    O lado fantástico é tão forte, que os primeiros contos de zumbis tratavam sobre magia e o sobrenatural. No entanto, desde os filmes de George Romero, de clássicos como A Noite Dos Mortos VivosZumbis são usados como metáforas para questões sociais, políticias e muitos mais. E posteriormente, se tornaram monstros mundanos.

    Magia x Tecnologia

    Conforme a tecnologia evoluiu, percebeu-se que ancorar aspectos da narrativa na realidade trazia resultados melhores a filmes e séries do gênero, daí o fato de vírus se tornarem, atualmente, a principal forma de se criar zumbis no entretenimento. Magia se tornou algo do passado, algo difícil de engolir para muitos espectadores.

    Cena de Extermínio

    Seja qual for a forma de criar um zumbi (que às vezes tem outros nomes, como Vampiros no caso de Eu Sou A Lenda), esses filmes trazem elementos capazes de garantir drama, superação, tensão e oportunidade para ótimas cenas de lutas - perfeitos para obras de entretenimentos.

    Metáforas para questões sociais

    Filmes de pandemias zumbi são boas formas de mostrar pessoas comuns em situações extraordinárias, enquanto o futuro da Terra está em risco. Além disso, é uma forma de criticar e causar reflexão sobre diversas questões, como guerra, política, tensões internacionais, doenças, moralidade e muito mais.

    The Walking Dead mesmo começou com foco na doença, nos zumbis e em poucas temporadas se tornou um drama sobre a condição humana, moralidade e a tentativa de reconstrução da sociedade e visões divergentes sobre como esse novo mundo deveria ser.

    A propagação da doença torna-se apenas o estopim para lutas pelo poder, que devem ser resolvidas dentro do tempo do filme ou série.

    Continua após o anúncio
    Pandemias - comparação realidade e ficção

    Veja mais