Pedro Bial rechaça Democracia em Vertigem e Petra Costa

Produção está entre as indicadas do Oscar 2020

04/02/2020 11h04

Por Alexandre Dias

O jornalista Pedro Bial fez duras críticas ao documentário Democracia Em Vertigem e a cineasta responsável pelo mesmo, Petra Costa. A fala do também apresentador foi expressa no programa Timeline, da Rádio Gaúcha

"É um filme de uma menina dizendo para a mamãe dela que fez tudo direitinho, que ela está ali cumprindo as ordens e a inspiração de mamãe, somos da esquerda, somos bons, não fizemos nada, não temos que fazer autocrítica. Foram os maus do mercado, essa gente feia, homens brancos, que nos machucaram e nos tiraram do poder, porque o PT sempre foi maravilhoso e Lula é incrível", afirmou Bial

O projeto em questão é focado no impeachment de Dilma Rousseff da presidência da República em 2016, mas também narra a trajetória política que levou ao fato. A abordagem dada por Costa também foi comentada pelo jornalista: "É uma ficção alucinante. É mais que maniqueísmo, é uma mentira."

Outro ponto levantado pelo apresentador foi mais pessoal à diretora. Ele disse que a narração dela é "miada, insuportável, onde ela fica choramingando o filme inteiro". 

Democracia Em Vertigem está entre os indicados ao Oscar de 2020 de Melhor Documentário

Veja também: Fotógrafo de Coringa compara Joaquin Phoenix a Heath Ledger


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus