cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Pesquisa indica que roteiristas americanos são maioria homens e brancos

    Estudo do Writers Guild of America mostra queda na participação de mulheres na confecção de roteiros
    Por Roberto Guerra
    21/04/2014
    Roteiro Imagem

    A indústria de roteiristas de Hollywood tem um longo caminho quando se trata de sexo e diversidade étnica emprego. Um relatório parcialmente divulgado pelo Writers Guild of America revela mostra um ligeiro aumento d diversidade em trabalhos na TV, mas o número de mulheres e minorias no cinema tem diminuído.

    O documento é originário de uma pesquisa realizada entre 2011 e 2012 sobre a participação de mulheres e minorias entre os roteiristas de TV e cinema.

    De acordo com as estatísticas já publicadas no relatório, que será divulgado na íntegra em junho, as mulheres representam 27% dos escritores na TV e 15% no cinema. Em relação ao levantamento anterior feito pela entidade, houve uma queda de 2% no número de mulheres roteiristas de cinema. A pesquisa também constatou que elas ganham em média 77% do valor pago a eles.

    "Os filmes de Hollywood são dominados por escritores brancos do sexo masculino , da mesma forma que as grandes corporações são dominados por homens brancos", disse Dwight DeWerth Pallmeyer , Diretor de Estudos de Comunicação da Universidade Widener ao site Fox411 .

    O autor do estudo, Darnell M. Hunt, diretor da Ralph J. Bunche Centro de Estudos Afro-Americanos da UCLA e professor de sociologia, notou que os resultados dizem muito sobre como a indústria do entretenimento está estruturada nos Estados Unidos.

    "Ela tem sido tradicionalmente dirigida por homens brancos que tendem a ser muito avessos a riscos em uma indústria competitiva. Eles tendem a se cercar de pessoas com as quais se se sentem confortáveis. Pessoas que agem e pensam como eles. É um ciclo vicioso comandado por homens brancos", avaliou Hunt.