cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Príncipe em Nova York 2 devia ter usado filtro do Instagram para deixar atores jovens

    Efeito é usado em uma cena importante, mas não convence
    Por Daniel Reininger
    08/03/2021 - Atualizado há 7 meses

    Há uma cena em Um Príncipe em Nova York 2 ​​em que a tecnologia é usada para fazer Eddie Murphy e Arsenio Hall parecerem mais jovens. O flashback mostra Akeem (Murphy) e Semmi (Hall) numa balada procurando uma esposa adequada para a Alteza Real. 

    Só que a qualidade é tão ruim, que era melhor ter usado um filtro do Instagram ao invés dos efeitos especiais. Se você ainda não viu o filme, saiba que existem spoilers adiante. 

    A Cena

    Você foi avisado dos spoilers...

    Bom, a cena acontece no Queens, com a dupla procurando uma esposa para Akeem trinta anos atrás e retoma o momento memorável do primeiro filme, quando os dois vão a um clube e encontram todos os tipos de mulheres, incluindo Hall vestido de mulher e flertando agressivamente. 

    Para a surpresa dos fãs do original, aquela cena tem um novo final ​​em Um Príncipe em Nova York 2. Nela, vemos Semmi caminhando até o bar onde encontra Mary (Leslie Jones)  e uma amiga e o papo leva a um encontro com Akeem. Akeem acaba no apartamento de Mary, onde o príncipe faz sexo com a moça, porém, devido à bebida e outras coisinhas mais, ele nem se lembrava disso.

    O flashback termina e Akeem percebe que tem um filho no Queens.

    Cena de Um Príncipe em Nova York 2, com CGI para deixar Arsenio Hall mais jovemReprodução

    Como foi feito

    No cinema e na televisão, a técnica de efeitos visuais usada para fazer um ator parecer mais jovem se tornou bem comum, especialmente para flashbacks.

    Isso geralmente é realizado por meio da edição digital da imagem ou do uso de sobreposições e retoques por computador (CGI). Alguns filmes até criam atores digitais envelhecidos ou com uma mistura de dublês e CGI. X-Men 3 - O Confronto Final é um dos filmes mais antigos a usar a técnica.

    Em Um Príncipe em Nova York 2, esse momento gerou tensão desde o início. "Quando estávamos discutindo como faríamos essa sequência de flashback, tive a ideia de que deveríamos começar bem no momento em que Arsenio cospe a bebida. Eu queria que as pessoas pensassem: 'talvez essa cena tenha acontecido no primeiro filme, mas eles simplesmente não a usaram'", conta o cineasta Craig Brewer (Ritmo de um Sonho).

    E o processo demorou bastante para ser finalizado. "Então eles passaram um mês todo reduzindo a idade do Arsenio para aquela cena. Eu me lembro da primeira vez que vi e pensei, 'Oh meu Deus.'", conta. 

    Será que ele ficou mesmo satisfeito com o resultado?

    Murphy também recebeu o tratamento antienvelhecimento na cena do apartamento de Mary. "Isso era o que me deixava mais nervoso, mas acho que conseguimos." 

    Brewer acredita que a cena funciona de maneira convincente porque Murphy e Hall - que estão com 50 e 60 anos, respectivamente, estão parecidos com suas versões de 1980. "Não tivemos muito trabalho com eles. Conseguimos". Será mesmo? 

    Não sei vocês, mas para mim a cena do bar com Hall falando com as garotas é nada menos do que medonha. Os efeitos por CGi (computação gráfica) estão absurdamente falhos e é possível reparar o exagero dos retoques. Fica difícil levar a sério, o que é um problema, já que é a cena principal do filme.

    A verdade é que era muito melhor eles terem usado o filtro de idade do Instagram, porque pagar milhões de dólares pelo resultado visto no filme foi um desperdício. Uma pena.

    A sorte é que Murphy e Hall voltam aos seus personagens de décadas atrás com facilidade e visualmente nem mudaram tanto, então é possível não encanar com o trabalho fraco dos efeitos nesse momento. E como o longa garante boas risadas e é leve, é só um tropeço diante de um filme que consegue ser uma sequência decente para um clássico.

    O filme

    A trama segue a volta do Príncipe Akeem à Nova York para encontrar seu filho que nunca soube que tinha. O rapaz será o futuro herdeiro de Zamunda e trará paz com os vizinhos. O filme conta com o retorno de Murphy e Hall e boa parte do elenco original e ainda adiciona Wesley Snipes, Jermaine Fowler e Tracy Morgan no elenco.

    O filme de Craig Brewer tem roteiro assinado por Kenya Barris (Black‑Ish). Além de estrelar a comédia, Murphy produz o filme ao lado de Kevin Misher (O Escorpião Rei).

    Um Príncipe Em Nova York 2 já está no catálogo do Amazon Prime Video. 

    Um Príncipe Em Nova York 2 | Trailer Oficial

    Conteúdo Relacionado